Siga-nos!

sociedade

Relatório de Republicanos diz que coronavírus saiu de laboratório

Inúmeras evidências apontam que o laboratório chinês de Wuhan teria modificado o coronavírus para infectar humanos.

em

Instituto de Virologia de Wuhan
Instituto de Virologia de Wuhan (Foto: Ng Han Guan/AP)

Nesta segunda-feira (2), o Partido Republicano dos Estados Unidos divulgou um relatório que descreve a prevalência de evidências apontando que a origem do coronavírus foi o vazamento de um laboratório chinês, no final de 2019.

Por outro lado, a China nega que um vírus geneticamente modificado vazou da instalação de Wuhan, cidade onde se iniciou a pandemia da Covid-19. No entanto, o documento mostra que os cientistas trabalhavam para infectar humanos, e recusa a teoria da carne de animal contaminada.

Jamie Metzl, membro do Conselho Consultivo da OMS, disse à Fox News, que esse “encobrimento sistemático” da origem do coronavírus na China deve ser investigado, instigando a união dos partidos dos EUA a encontrar mais respostas sobre o caso.

“E a China se envolveu em um encobrimento sistemático envolvendo destruição de amostras, ocultação de registros e silenciamento de cientistas chineses. E é simplesmente inaceitável. Portanto, os líderes do Partido Democrata, do Partido Republicano, devem se unir para encontrar um terreno comum para cavar, porque há muitas respostas por aí”, disse.

PCCh tenta encobrir

De acordo com o documento, existem muitas evidências de que o Instituto de Virologia de Wuhan modificou o coronavírus para infectar humanos, embora Pequim nega totalmente essa teoria.

O deputado republicano, Mike McCaul, divulgou o relatório e pediu uma investigação bipartidária sobre as origens do surto que matou mais de 4,4 milhões de pessoas no mundo e afirmou que o Partido Comunista da China (PCCh) começou a encobrir “desesperadamente” o acidente quando aconteceu o vazamento.

“Agora acreditamos que é hora de descartar completamente o mercado úmido como a fonte. Também acreditamos que a preponderância das evidências prova que o vírus vazou da IVW [Instituto de Virologia de Wuhan] e que o fez em algum momento antes de 12 de setembro de 2019”, disse McCaul.

O governo americano, juntamente com a OMS, tem cobrado Pequim por mais transparência sobre as origens da pandemia, para que outras futuras possam ser evitadas. Todavia, a China tem colocado dificuldades nessas investigações.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending