Siga-nos!

estudos bíblicos

O ensino bíblico na igreja e na internet

O ensino bíblico é essencial para capacitar a igreja para a realização de suas atividades missionais.

em

Bíblia. (Foto: Ben White / Unsplash)

O ensino bíblico na internet

Segundo os textos bíblicos, o apóstolo Paulo, após visitar uma comunidade, ou fundar uma igreja, continuava a se corresponder com essa através de suas cartas, a fim de manter viva a sua palavra, a e a esperança daqueles que creram no Evangelho anunciado por ele.

Se este apóstolo estivesse vivendo na sociedade contemporânea, seria indispensável para ele o uso dos avançados meios de comunicação disponíveis para comunicar as Boas Novas a todas pessoas. Com certeza, ele faria diversas “navegações” pela internet e por suas comunidades virtuais, a fim de lançar as sementes do Reino por todo o mundo.

Portanto, essa realidade do real e do virtual, em que ambos fazem parte da vida contemporânea pós-moderna, auxilia na possibilidade de ampliação de saberes e da fé. Os dois mundos, virtual e real, atualmente fazem parte da igreja do século XXI, portanto, não há como negar ou renegar esse virtual, pois esta realidade já está presente na humanidade toda.

O espantoso crescimento do uso da internet no Brasil revela que grande parte da população brasileira faz constante uso da rede mundial de computadores para obter instrução ou entretenimento. Uma das plataformas mais acessadas é o YouTube, onde um número gigantesco de vídeos é disponibilizado diariamente, mas também há a possibilidade de uso de podcasts e divulgação em outros formatos.

A igreja precisa estar presente nestas plataformas e em outros sites, para oferecer a estes milhões de internautas um conteúdo de qualidade, com estudo bíblico consistente, para suprir a demanda desta população. Vivemos no mundo do ciberespaço, de telefones celulares que capturam vídeo, fazem downloads de vídeo e música, das redes de relacionamento social, das mensagens de texto e blogs, dos equipamentos portáteis e podcasts.

A Internet pode ser usada para proclamar o evangelho de Jesus Cristo e, com a mesma facilidade, pode ser usada para vender a sujeira e a imundície da pornografia. Se o maligno pode usar a mídia para difundir suas sujeiras, a igreja pode utilizar-se deste meio para propagar o genuíno conhecimento da Palavra de Deus, um meio da graça para abençoar a vida de muitas pessoas.

Pensando nisto, a igreja local precisa inserir a internet em seu arsenal de ferramentas usadas para divulgação da Palavra de Deus, a seus membros e a todos que navegam pela rede. O evangelho não muda, mas nossa cultura, sim. Isso significa que cada geração precisa tanto pregar a verdade eterna do evangelho como descobrir como o evangelho pode ser relevante na cultura na qual vivemos.

Percebe-se que há um grande desafio para a igreja de hoje, que é evangelizar o “continente digital”, ou seja, a igreja deve participar de maneira qualificada na cultura da comunicação digital. Com o recente advento da internet, a sociedade se vê imersa na cultura midiática e não deve desprezar esse canal de comunicação e evangelização.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Páginas: 1 2 3 4 5 6

Pastor assembleiano, casado com Dione e pai de Álvaro e Diana. Especialista em Teologia do Novo Testamento Aplicada pela Faculdade Teológica Batista do Paraná e Mestre em Teologia pelas Faculdades Batista do Paraná, com ênfase em Estudo e Ensino da Bíblia. Exerce o ministério pastoral desde 1999. É autor dos livros Doutrina Prática, A Bíblia e o Trabalho e Depravação Total, além de diversos artigos publicados em jornais e revistas.

Trending