Siga-nos!

igreja perseguida

Tribunal da Índia ordena que autoridades garantam retorno seguro de cristãos

Perseguidos por hindus moveram ação na Justiça pedindo segurança.

Michael Caceres

em

Igreja em Kandhamal, Índia. (Foto: Reprodução/John Fredricks)

Vários cristãos tiveram que abandonar as suas casas e fugir da aldeia depois de serem depredadas por se recusarem a se converter ao hinduísmo. O Tribunal Superior do estado oriental de Chhattisgarh, na Índia, ordenou a administração local garantisse o retorno dessas pessoas em segurança.

A decisão tem como base o processo movido por 12 cristãos para o seu retorno seguro após serem atacados em setembro. O Tribunal Superior de Bilaspur aprovou a ordem no início deste mês, para que os mesmos pudessem retornar para o seu lar em paz.

Os cristãos fugitivos, são em sua maioria homens, que vieram de três aldeias, kakadabeda, Telliabeda e Singapur, e ficaram desabrigados quase um mês e meio. A maioria das mulheres cristãs ficaram vivendo sozinha, pois a maioria dos homens tiveram que fugir.

Em setembro os aldeões tribais fizeram três ataques separados as tribos. De acordo com a StoriesAsia, vandalizaram cerca de 16 casas em uma mesma tribo e atacaram pelo menos uma mulher cristã no local.

O perigo mora bem perto de casa

Vijay Sori, um sobrevivente do ataque disse que todos correram para salvar suas vidas. “A ameaça de morte que eles lançaram contra nós foi muito assustadora. Não havia outra maneira a não ser fugir da aldeia. Nossas vidas estão em perigo, pois os moradores juraram nos matar se voltarmos. Nossas vidas estão sendo gravemente afetadas com a atmosfera perigosa criada pelos moradores”, acrescentou ele.

Mulheres também foram agredidas: “Alguns homens me atacaram e rasgaram minhas roupas”, disse uma mulher cristã. “Continuei implorando a eles, mas eles continuaram me batendo. Minha única falha foi seguir o Cristianismo ”, disse outra mulher.

No ataque de 14 de outubro, a polícia chegou a prender seis aldeões tribais, porém dois cristãos também foram levados por causa da acusação dos aldeões. Dois dias depois, sob fiança os cristãos foram libertados.

Todo embate começou depois que um sacerdote de uma tribo local, cujo nome é Lakum Poyam, falou que uma deusa da tribo havia reivindicado as propriedades dessas aldeias.

A StoriesAsia, entrevistou o sacerdote e ele afirmou que: “Nossa divindade ordenou que todos os povos tribais das aldeias vizinhas se unissem. Eu participei de todas as reuniões onde a conversão dos cristãos ao hinduísmo foi planejada. Eu tenho falado aos aldeões sobre a ordem de nossa deusa por um tempo”.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending