Siga-nos!

igreja

Justiça derruba decisão que proibia mulheres de pregar em Igreja Presbiteriana

O pastor Marcelo de Oliveira Moraes estava afastado do ministério por deixar sua esposa pregar para mulheres.

em

Presbiteriana
Igreja Presbiteriana (Foto: Reprodução/Facebook)

O pastor Marcelo de Oliveira Morais e o Conselho da igreja estavam afastados da Igreja Presbiteriana do Lago Sul, bairro nobre da capital federal, por terem ignorado uma norma instituída em 2018 que proibia mulheres de pregarem ou falarem no púlpito do templo.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Agora, a juíza Thaíssa de Moura Guimarães, da 20ª Vara Cível de Brasília anulou a decisão da igreja e ordenou a reintegração dos líderes afastados do ministério.

Morais foi punido por ter liberado a pregação de mulheres na igreja. A juíza concordou com a defesa de que o documento que afastou seus integrantes foi forjado.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

No Tribunal Eclesiástico da igreja, o diácono Alberto Jaegher de Carvalho citou a história bíblica de Jezabel para comparar com a esposa do pastor Marcelo.

“Ela não estava atuando em nada na igreja. Ela pregava no ministério das mulheres. Agora, estou impedido de exercer meu ministério, recebendo um quarto do que eu recebia antes. Afetaram meu orçamento familiar”, contou o pastor ao site Brasília Capital.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending