Siga-nos!

mundo

Talibã afirma que EUA fornecerão ajuda humanitária para o Afeganistão

Talibã disse, sem detalhes, que facilitariam a movimentação de cidadãos estrangeiros.

em

Terroristas do Talibã
Terroristas do Talibã (Foto: Rahmat Gul/AP)

O grupo radical terrorista Talibã disse recentemente que os Estados Unidos concordaram em providenciar ajuda humanitária para afegãos pobres à beira de um desastre econômico enquanto se recusa a dar reconhecimento político aos novos governantes talibãs do país.

A declaração veio no final das primeiras conversas diretas entre os Estados Unidos e o Talibã desde a caótica retirada das tropas americanas do Afeganistão no final de agosto.  A declaração dos EUA foi menos definitiva, dizendo apenas que os dois lados discutiram a prestação de assistência humanitária dos Estados Unidos, diretamente ao povo afegão.

De acordo com a CBN News, os Estados Unidos deixou claro que as negociações não eram de forma alguma um preliminar para o reconhecimento do Talibã, que chegou ao poder em 15 de agosto depois que o governo aliado dos EUA entrou em colapso.

O Talibã disse que as negociações realizadas em Doha, no Catar, foram bem, com Washington liberando ajuda humanitária ao Afeganistão depois de concordar em não vincular tal assistência ao reconhecimento formal do Talibã.

Ned Price, o porta-voz do Departamento de Estado, classificou as discussões como francas e profissionais, com o lado dos EUA reiterando que o Talibã será julgado por suas ações, não apenas por suas palavras.

“A delegação dos EUA se concentrou em preocupações de segurança e terrorismo e passagem segura para cidadãos americanos, outros cidadãos estrangeiros e nossos parceiros afegãos, bem como sobre direitos humanos, incluindo a participação significativa de mulheres e meninas em todos os aspectos da sociedade afegã”, disse ele.

Suhail Shaheen, porta-voz político do Talibã, também disse que o ministro interino das Relações Exteriores garantiu aos EUA durante as negociações que o Talibã está comprometido em ver que o solo afegão não é usado por extremistas para lançar ataques contra outros países.

Durante a reunião, esperava-se que as autoridades americanas pressionassem o Talibã para permitir que americanos e outros deixassem o Afeganistão. Em sua declaração, o Talibã disse, sem detalhes, que facilitariam a movimentação de cidadãos estrangeiros.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending