Siga-nos!

Vida cristã

Rick Warren ensina dez lições sobre oportunidades

Pastor da Saddleback Church ministrou na Inspire Brasil Online.

Michael Caceres

em

Pastor Rick Warren (Reprodução/YouTube)

Um dos líderes mais conhecidos do mundo, o pastor Rick Warren, fundador da mega-igreja Saddleback Church, em Lake Forest, na Califórnia (EUA), ministrou na Inspire Brasil Online.

Autor dos livros “Uma igreja com propósitos” e “Uma vida com propósito”, o pastor batista falou sobre como um líder pode identificar oportunidades e tirar vantagens sobre elas, como ver uma oportunidade e se beneficiar dela.

“Uma das diferenças entre líderes e gerentes é que gerentes têm a tendência de focar em resolver problemas, enquanto líderes têm a tendência de aproveitar as oportunidades”, iniciou Rick.

Para o pastor, ambos os aspectos são essenciais e uma igreja precisa de pessoas tanto para liderar, como também para gerenciar.

“Você precisa de pessoas focadas em resolver os problemas de hoje e também precisa de pessoas criando ou procurando pelas oportunidades de amanhã”, enfatizou.

Rick Warren listou lições que aprendeu sobre oportunidades, destacando que as oportunidades podem construir ou quebrar um ministério, conforme suas próprias experiências ao longo de 50 anos de ministério pastoral.

Lição 1: Existem dois tipos de oportunidades

Warren ensinou que entre as oportunidades existem aquelas que recebemos e as oportunidades que criamos. As oportunidades que recebemos, segundo aponta o pastor com base em 2 Coríntios 5.18, elas envolvem aquelas que vêm de Deus.

O pastor diz que “ministério é recebido, não obtido, é um presente de Deus dado a nós por meio da graça”. “Então, o primeiro tipo de oportunidade diz respeito ao que Deus cria e abre as portas. Mas, como líder, você também pode criar oportunidades”, disse Warren.

Ele ensina ainda que algumas vezes o líder não deve esperar por oportunidades, mas que devemos também criar as oportunidades, pois somos dotados de inteligência e o Senhor espera que ela seja usada. “Deus te deu um cérebro e ele espera que você use sua inteligência”, ensinou.

Lição 2:  Nem todas as oportunidades são boas, e nem todas as oportunidades vêm de Deus

A segunda lição do pastor norte-americano, diz respeito a maneira como identificamos as boas oportunidades que vêm de Deus, já que algumas vezes não se tratam de oportunidades, mas de tentações, desvios que conduzem o líder “para fora da rota”.

“Eu já vi muitos pastores se desgastarem com oportunidades de mais e por dizerem ‘sim, sim e sim’ para todas as oportunidades. Seleção é a estratégia principal. Só porque é uma oportunidade não significa que vem de Deus”, enfatizou.

Warren lembra que algumas oportunidades podem dar ocasião para a natureza pecaminosa, destacando o ego, orgulho, tentativa de autopromoção, e que as vezes haverá oportunidades que parecerão muito boas, mas que na verdade é uma tentação.

Lição 3: Toda oportunidade deve ser avaliada

Em sua terceira lição sobre oportunidades que os líderes podem aproveitar, Rick Warren ensinou que todas elas devem ser avaliadas. “Só porque você tem a oportunidade de fazer algo não significa que você deve dizer sim”, destacou o líder.

“Dizer não é uma das chaves para uma vida focada, mas você deve avaliar cada oportunidade e perguntar: ‘Foi isso que Deus me chamou para fazer?’; ‘Tenho o tempo para fazer isso?’; ‘Vai tirar tempo de algo mais importante?'”, ensinou.

Existem algumas perguntas que é possível responder para fazer uma melhor avaliação das oportunidades que são listadas no ensino do pastor:

  1. O que eu preciso saber sobre isso?
  2. Quem sabe o que eu preciso saber?
  3. Quais podem ser as consequências não intencionais em dizer sim para isso?
  4. Qual a minha motivação nisto?
  5. Essa oportunidade se encaixa com o meu propósito e chamado?
  6. É o melhor uso do meu tempo e energia para agora?

Lição 4: As oportunidades devem estar alinhadas com o propósito

Um dos temas que mais se destacam nos ensinamentos de Rick Warren diz respeito ao “propósito”, tema dos livros mais conhecidos do pastor e que também foi destacado na mensagem, ao afirmar que as necessidades que o mundo enfrenta não são oportunidades.

Ele avalia que as pessoas precisam viver baseadas em um propósito e não naquilo que acontece a sua volta, o que irá ajudar na avaliação de uma oportunidade genuína. Agir baseado em um propósito é a coisa mais importante na visão do líder evangélico.

Lição 5: Deus não espera que eu faça tudo

Rick Warren ensinou ainda que Deus não espera que o líder seja capaz de fazer absolutamente tudo, já que o ser humano é limitado.

“Isso é algo muito importante que você precisa entender quando lidar com oportunidades”, enfatizou.

É importante perceber que Deus não espera que tudo seja realizado, mas que a única expectativa divina é que você faça aquilo que foi modelado, preparado para fazer, utilizando-se dos dons espirituais, capacidade emocional, habilidades, personalidade e expectativas.

“Se você quiser saber a vontade de Deus para sua vida, olhe para a sua forma. Deus não iria te pedir para fazer aquilo que Ele não te formou para fazer”, disse Warren.

Lição 6: Deus espera que eu tire o máximo das oportunidades

Quando identificamos as oportunidades que vêm de Deus, Rick diz que então temos de lidar com a expectativa divina a nosso respeito, que é a de aproveitarmos ao máximo essas oportunidades, sendo essa uma questão de mordomia.

“Qualquer oportunidade que Deus me der, eu devo tirar o máximo dela”, ensinou, citando Eclesiastes 5.19.

Lição 7: Oportunidades vêm quando e onde menos se espera

“Se for uma oportunidade vinda de Deus, geralmente vai vir de uma maneira muito inesperada e quando eu menos esperava”, ensinou Rick, que destacou em seguida o que Jesus Cristo ensinou em Mateus 24.44, onde afirmou que Sua vinda seria em uma hora inesperada.

Ele lembrou a história de José, narrada em Gênesis 37, que foi surpreendido com uma oportunidade inesperada ao ser chamado por Faraó para interpretar o seu sonho.

“Ele talvez não poderia ter feito isto [interpretado o sonho] se não se mantivesse pronto”, reforçou.

Lição 8: Preciso me manter flexível para estar pronto

No oitavo princípio para as oportunidades, o escritor destacou a necessidade de se manter flexível em Deus, confiando no Espírito Santo para poder mudar e capturar uma oportunidade que se apresente. Ele destaca que é preciso sazonalidade, ou seja, usar aquela oportunidade naquele momento.

“Preciso me manter flexível para estar pronto a qualquer momento”, disse.

“Você diz para o Espírito Santo: Me guie assim como o vendo que sopra para este lado ou para aquele lado. Nós vamos seguir o fluir, vamos fluir com o Espírito”, disse.

Lição 9: Estar ocupado demais e ter medo

Ao apontar as duas maiores causas de as pessoas perderem oportunidades, Rick apontou que estar ocupado demais e ter medo  são as que se destacam.

“Ocupações e medo podem lhe causar a perda de muitas oportunidades em seu ministério”, disse.

O pastor destaca que se você está muito ocupado, ou com medo de se mover, deve usar como antídoto a fé, que é o único meio possível para agradar a Deus. Ele diz que por isso é preciso ter fé, que é o antídoto para as muitas ocupações e para o medo.

Lição 10: Oportunidades aumentadas trazem responsabilidades aumentadas

O conhecido ensinamento bíblico sobre o peso das responsabilidades aumentadas também se aplica as oportunidades aumentadas, segundo o Warren, que ensina sobre como as oportunidades de Deus trazem responsabilidades enormes para os seus servos.

“Mas aquele que não a conhece e pratica coisas merecedoras de castigo, receberá poucos açoites. A quem muito foi dado, muito será exigido; e a quem muito foi confiado, muito mais será pedido”, lembrou o pastor ao citar Lucas 12.48.

Assista:

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Trending