Siga-nos!

igreja perseguida

Pastor e membro de igreja são mortos afogados por evangelizar muçulmanos

Três homens foram presos e deverão responder pelo crime.

Michael Caceres

em

Lago Kyoga Uganda
Lago Kyoga Uganda (Reprodução)

Um pastor e um membro de uma igreja cristã de Uganda foram mortos quando evangelizavam muçulmanos perto da aldeia de Lugonyola, depois de usar o momento de pesca para compartilhar sua com os moradores da região, convidando-os para um culto.

Os dois cristãos se deslocavam da aldeia de Namuseru, sub-condado de Gadumire, no distrito de Kaliro, até as margens do Lago Nakuwa, que se estende até o Lago Kyoga, onde encontravam-se com os muçulmanos para pescar peixes, mas aproveitavam para falar de Jesus Cristo.

Depois de algum tempo, alguns muçulmanos considerados linha-dura passaram a fazer ameaças contra os cristãos, alertando para que eles parassem de evangelizar na região, segundo disseram testemunhas. O último aviso foi no dia 21 de junho, um dia antes deles serem mortos.

Muçulmanos radicais da vila de Lugonyola espancaram e afogaram o pastor Peter Kyakulaga, 25 anos, e o membro Tuule Mumby, de 22 anos, quando eles chegaram ao local para pescar e falar sobre sua fé. Segundo um familiar do pastor, um dos muçulmanos disse ter descoberto o propósito da ida deles ao local.

“Descobrimos que sua missão não é pescar, mas realizar reuniões cristãs e depois converter os muçulmanos ao cristianismo”, disse um dos muçulmanos aos cristãos em 21 de junho. “Não vamos encarar essa sua missão levianamente. Este é o nosso último aviso para você.”

O pastor Kyakulaga liderava a congregação da Igreja de Cristo em sua aldeia, deixando sua esposa e dois filhos, de 2 e 4 anos. Já o membro da igreja deixou esposa e um filho de 2 anos. Moradores da aldeia chegaram a planejar uma retaliação contra os muçulmanos, mas as autoridades interviram.

Ao menos três suspeitos de cometer o crime foram presos. Os policiais identificaram como Sharifu Ngugo, Hassan Mwidu Gulumaire e Jafari Kadisi, todos da vila de Lugonyola. Os policiais também ajudaram na busca pelos dois corpos, segundo o Morning Star News.

Trending