Siga-nos!

vida cristã

“Cristo, não César, é chefe da igreja”, diz MacArthur ao se recusar a fechar templo

Pastor anuncia que não obedecerá à proibição da Califórnia de cultos em locais fechados.

Michael Caceres

em

John MacArthur (Reprodução)

A Grace Community Church, em Sun Valley, Califórnia, que é liderada pelo influente teólogo e autor John MacArthur, anunciou que não irá obedecerá à proibição de cultos em locais fechados, afirmando que a ordem estadual que restringe o culto não são de competência do governador.

MacArthur publicou um artigo no site oficial da igreja, onde afirma que “as autoridades do governo não têm o direito de interferir nos assuntos eclesiásticos de uma maneira que prejudique ou desconsidere a autoridade que Deus concede de pastores e anciãos”.

“Portanto, em resposta à recente ordem do estado que exige que as igrejas na Califórnia limitem ou suspendam todas as reuniões indefinidamente, nós, pastores e anciãos da Grace Community Church, informamos respeitosamente nossos líderes cívicos de que eles excederam sua jurisdição legítima e fidelidade a Cristo, o que nos impede de cumprir as restrições que eles querem impor em nossos cultos corporativos “, escreveu MacArthur.

A Califórnia decidiu, em 13 de julho, que as igrejas deferiam ser fechadas indefinidamente, assim como restaurantes, bares, academias de ginástica, salões de beleza e barbearias.

Um grupo de igrejas do estado entrou com um processo contra o governador da Califórnia, Gavin Newsom, depois que ele permitiu a retomada de algumas atividades, mas manteve a proibição de cultos.

O renomado pastor destacou que o chefe da igreja é Cristo, o que deixa claro que o Estado não pode interferir em relação aos cultos, já que este também é um princípio da laicidade, que impede que o Estado interfira na Igreja, e a Igreja no Estado.

“A ordem bíblica é clara: Cristo é o Senhor sobre César, não vice-versa. Cristo, não César, é o chefe da igreja”, escreveu MacArthur.

“Por outro lado, a igreja não governa de forma alguma o Estado. Novamente, esses são reinos distintos, e Cristo é soberano sobre ambos.”

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Trending