Siga-nos!

igreja perseguida

Como é ser preso por ser cristão? Perseguição acontece em todo o mundo

Diversos países do mundo aprisionam as pessoas por causa da sua fé em Jesus.

Michael Caceres

em

Cristã na prisão
Cristã na prisão (Foto: Divulgação/Portas Abertas)

Estima-se que mais de 260 milhões de cristãos enfrentam algum tipo de perseguição no mundo inteiro, por causa do credo em Jesus Cristo. A repressão começa com a negação de itens básicos de saúde, higiene e alimentação e se estende por violência, prisão e morte.

Frente as tribulações que nossos irmãos em Cristo passam em seu país, uma das formas mais eficaz que podemos ajuda-los é com a oração. Assim, surgiu um movimento nacional de oração em favor dos cristãos perseguidos, a DIP (Domingo da Igreja Perseguida).

Esse apelo foi idealizado para atender as demandas de oração da igreja perseguida, que sofre por causa de sua , e todos os anos escolhe-se um nicho ou determinada região para receber as orações.

Em 2021, o alvo das orações será os cristãos presos, destacando-se os países do Irã, Coreia do Norte e Eritreia, nações estão prendendo em massa pessoas de fé em Jesus, boicotando o direito da liberdade religiosa.

Prisioneiros no Irã

Como exemplo de prisão iraniana, duas meninas, Maryam Rostampour e Marziyeh Amirizadeh passaram oito meses entre 2009 e 2010, em uma das prisões mais conhecidas no país, chamada Evin. As cristãs relataram que eram obrigadas a dormir no chão junto com outras 30 a 40 prisioneiras.

Todas eram tratadas como animais, havia apenas uma pequena janela, as luzes ficavam acesas a noite toda e uma televisão transmitia propagandas estatais incessantes. As meninas passaram 40 dias no prédio de interrogatórios, onde tentavam fazê-las negar a fé, e dar nomes dos participantes da célula.

Prisioneiros da Coreia do Norte

A Coreia do Norte usa o campo de trabalho forçado como um dos principais tipos de prisão no país. O Departamento de Estado dos Estados Unidos estima que 200 mil prisioneiros trabalham entre 5 a 14 instalações no país, as tarefas variam de extração de carvão, agricultura, fabricação de cimento ou confecção de uniformes militares.

Os campos são cercados por arame farpado eletrificados, com torres de vigilância e patrulha. Os prisioneiros vivem em condições precárias de saúde e higiene, não há cama, cadeira, banheiro, chuveiro, quase não se alimentam, muitos dependem de comer ratos como única fonte de proteína.

Prisioneiros em Eritreia

Em Eritreia a maioria dos detentos veiem em condições sub-humanas, alguns ficam em contêineres, expostos ao sol e frio, outros são levados para áreas de deserto e forçados a cavar tuneis. Nas prisões convencionais, além do espaço pequeno, não há banheiro, não há higiene, espaços escuros e quentes, quase sem ar, são tratados como lixo.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending