Siga-nos!

evangelismo

Bíblia alcança marco importante ao ser traduzida para o 700º idioma

Número de idiomas não considera traduções parciais do Livro Sagrado.

Michael Caceres

em

Cristãos chineses com Bíblias (Bible Society)

A Bíblia Sagrada atingiu um marco importante ao ser traduzida para o 700º idioma, o que demonstra o avanço do Evangelho. O marco foi atingido na semana passada, quando um novo idioma teve sua tradução do Livro Sagrado concluído demonstrando avanço na velocidade das traduções.

Na lista que conta as traduções das Sagradas Escrituras, apenas exemplares completos, com os 66 livros, são contabilizados. Existem traduções parciais que ainda não incluem todos os livros do Antigo e do Novo Testamento, o que não é contabilizado no marco de 700 idiomas que já possuem sua tradução da Palavra de Deus.

As traduções recentes da Bíblia que foram incluídas na lista de 700 idiomas, são a a Bíblia Huichol (Wixáritari), a Bíblia Ellomwe e a Bíblia Igede. A Bíblia Huichol (Wixáritari) pertence a um grupo indígena do México. A Bíblia Ellomwe pertence às pessoas em Malaui e Moçambique. E a Bíblia Igede pertence a um grupo étnico nigeriano.

Duas organizações celebram o marco histórico, sendo a Wycliffe Bible Translations e a American Bible Society, que enalteceram o trabalho dos tradutores em todo o mundo e celebraram a marca. Estima-se que 5,7 bilhões de pessoas já tenham acesso a Bíblia em suas línguas nativas.

Para o diretor executivo da Wycliffe Bible Translations, James Poole, o marco “representa o tremendo trabalho que os tradutores da Bíblia estão fazendo em todo o mundo”.  Ele afirma que Esse é um número notável e que continuará crescendo.

“Cada vez que ouvimos falar da Bíblia sendo traduzida para outro idioma, sabemos que isso significa que, pela primeira vez, as pessoas daquele grupo de línguas podem acessar totalmente o quadro completo da história de Deus”, disse Poole.

A American Bible Society comemorou o marco através de um blog post, onde citou dados sobre o número de idiomas da Bíblia demonstrando que o número dobrou nos últimos 30 anos, de 351 em 1990 para 700 em 2020, o que demonstra a aceleração das traduções.

A organização aponta que isso acontece devido aos “avanços na tecnologia de tradução” e um “nível sem precedentes de parceria entre as agências de tradução da Bíblia”. “Somos gratos a Deus, aos nossos parceiros de ministério e aos parceiros financeiros cuja generosidade torna possível a obra do Reino”, disse Robert Briggs, CEO da American Bible Society.

Trending