Siga-nos!

escatologia

Quando vai acontecer a batalha de Gogue e Magogue?

Essa resposta depende do que se pensa acerca do milênio.

Cris Beloni

em

Batalha Gogue Magogue
Homens em guerra (Foto: Reprodução/Canvas)

“Quando terminarem os mil anos, Satanás será solto da sua prisão e sairá para enganar as nações que estão nos quatro cantos da terra, Gogue e Magogue, a fim de reuni-las para a batalha.” (Ap 20.7-8)

Antes de ir ao contexto, já podemos verificar que o próprio texto responde à pergunta: “quando terminarem os mil anos”. Logo, a questão passa a ser outra: quando começa e quando termina esse milênio?

O termo “mil anos” é literal ou simbólico?

É praticamente impossível encontrar unanimidade nessa resposta. Talvez este seja o ponto que traga maior divergência entre os cristãos das mais variadas denominações. Conheça aqui um breve resumo das principais correntes escatológicas sobre o milênio:

Pré-milenismo – dividido entre clássico e histórico, acredita que Jesus voltará antes do milênio. Aqui o milênio é literal e Jesus reinará fisicamente. Esse também foi o pensamento dos pais da Igreja. Algumas denominações diferenciadas pensam assim, como os batistas por exemplo.

Possível sequência dos fatos – depois da segunda vinda de Cristo, começa o tempo conhecido por milênio e ao final do milênio ocorre a batalha de Gogue e Magogue.

Dispensacionalismo – também conhecido como pré-milenismo dispensacionalista, acredita que Jesus voltará em duas fases: antes da Grande Tribulação para o arrebatamento, de forma invisível, e depois de forma visível, no final da GT. Esse é um pensamento mais recente. A maioria dos assembleianos pensa assim e também as igrejas pentecostais e neo-pentecostais.

Possível sequência dos fatos – o arrebatamento da igreja vem primeiro, depois a Grande Tribulação, a segunda volta de Cristo, a batalha de Gogue e Magogue e depois o milênio.

Pós-milenismo – acredita que Jesus só voltará depois do milênio. Esse milênio não é literal, mas um longo período de tempo que foi iniciado com a primeira vinda de Cristo. Nessa visão, a volta Dele depende da pregação do Evangelho a nível universal, através do avanço missionário. Há uma visão muito otimista nessa crença, de que mundo será melhor progressivamente, enquanto a humanidade vai sendo evangelizada. 

Mas essa posição praticamente não existe mais. Conforme o pastor Luiz Sayão, existiu no século 19, em alguns contextos americanos. Em português, temos acesso a essa interpretação através do livro Teologia Sistemática, de Charles Hodge. Segundo Sayão, praticamente, não há muitos defensores dessa corrente nos dias de hoje. 

Amilenismo – acredita que o milênio teve início com a primeira vinda de Cristo. Não é um milênio literal, mas simboliza um longo período de tempo. Para os amilenistas, então, nós já estamos vivendo no milênio, o reinado de Cristo já começou a partir do primeiro século, de forma espiritual, e no céu. Satanás está preso, mas atuante de forma limitada. A batalha de Gogue e Magogue vai acontecer junto da segunda vinda de Cristo e ao findar do milênio. Para essa corrente, Armagedom é a mesma batalha. A maioria dos presbiterianos segue essa linha. 

Possível sequência dos fatos – primeira vinda de Cristo, satanás sendo preso nessa ocasião, milênio e reinado espiritual de Cristo, satanás sendo solto ao final deste milênio vigente, Grande Tribulação, Gogue e Magogue – que é o Armagedon. 

Adventismo

conforme o Dr. Rodrigo Silva, os adventistas têm uma escatologia um tanto distinta dessas já apresentadas. Ele explicou: “somos pré-milenistas, mas o reino milenar de Cristo ocorrerá – nesta compreensão – no céu e não na terra. Satanás, na terra estará preso por uma cadeia de circunstâncias e não haverá nenhum ser vivo para fazer-lhe companhia. Depois do milênio vem a Nova Jerusalém, a ressurreição dos ímpios e a batalha final do bem contra o mal, Gogue e Magogue”, explicou.

Para o arqueólogo, o Armagedom é uma guerra espiritual que começa na volta de Jesus e tem seu desfecho depois do milênio, conforme Apocalipse 20. Para os adventistas, essa batalha é espiritual e não um movimento histórico-presente de comoção no Oriente ou de uma luta envolvendo os países atuais. Mas esse ponto também tem diferentes interpretações dentro do próprio no adventismo.

Apesar das divergências

Todas essas correntes escatológicas possuem pontos em comum. São eles: Jesus voltará e todo olho o verá, todo joelho se dobrará e toda língua o confessará. Ele julgará vivos e mortos, haverá uma ressurreição e depois a vida eterna. 

As divergências apenas giram em torno da cronologia ou da sequência dos acontecimentos, o que jamais deveria ser motivo de discussão ou discórdia entre os cristãos. Se você quer se aprofundar neste assunto, leia o e-book Apocalipse Investigado. CLIQUE AQUI para ter acesso. 

Milênio ao longo da história da Igreja

Na história da igreja, a segunda vinda de Cristo nunca foi esperada como se fosse acontecer a qualquer hora ou instante, mas precedida de um período de grande sofrimento, a Grande Tribulação, conforme a Bíblia descreve. Esse pensamento só foi alterado por volta de 1830, na Inglaterra, após uma “profecia” de uma jovem, conforme citou o saudoso pastor Russell Shedd, numa de suas pregações, ainda disponíveis na internet. 

Ele contou que a jovem deu início ao que se tornou, hoje, uma nova interpretação bíblica a cerca do fim dos tempos – o arrebatamento secreto. Depois disso, vários líderes começaram a divulgar essa posição, conhecida como dispensacionalista. Podemos compreender essa interpretação também como pré-milenista e pré-tribulacionista.

Saber que existe mais de uma interpretação em termos de visão de futuro e profecias que ainda vão se cumprir, é como ter “linhas divisórias” entre os pensamentos dos cristãos, a cerca do tempo do fim. Perceba que só analisando o tema “milênio” já encontramos pelo menos “cinco pensamentos” distintos. 

Conclusão

Diante de tantas diferenças na cronologia dos últimos acontecimentos, qual seria a resposta para a nossa pergunta: quando vai acontecer a batalha de Gogue e Magogue? Depende do que você pensa a respeito do milênio. Se você acha que o milênio já começou na primeira vinda de Cristo, então você pensa como os amilenistas e, Gogue e Magogue vai acontecer logo após satanás ser solto novamente por um período curto de tempo. Se você acha que estamos dentro do milênio, então falta pouco para essa batalha acontecer.

Mas se você pensa como os pré-milenistas ou como os dispensacionalistas, o milênio terá início logo após a segunda vinda de Cristo e ao final deste período de mil anos literais, acontecerá a batalha de Gogue e Magogue. 

Neste estudo, você teve acesso às diferentes formas de pensar sobre a cronologia do fim dos tempos. O Movimento Bíblia Investigada é uma “exposição” de pensamentos e não uma “imposição”. E todos nós temos liberdade de pensamento, de consciência e de expressão, e essa liberdade é, inclusive, garantida por lei em nosso país. Por isso, estar diante de diferentes opiniões não deve ser um problema, basta respeitarmos a forma de pensar de cada um. 

Se houver necessidade de “mudança de pensamento”, o próprio Espírito Santo atuará nesse caso. Não devemos julgar as pessoas que pensam diferente de nós. E que o amor prevaleça em nosso meio, acima de tudo. Lembre-se do que Jesus disse:

“Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento. Este é o primeiro e maior mandamento. E o segundo é semelhante a ele: Ame o seu próximo como a si mesmo.” (Mateus 22.37-39)

E para finalizar:

“Se vocês permanecerem firmes na minha palavra, verdadeiramente serão meus discípulos. E conhecerão a verdade, e a verdade os libertará.” (João 8.31-32)

Colaborou “muito” com este estudo o professor e teólogo Luiz Sayão e o arqueólogo Rodrigo Silva. 

Estude a Bíblia no Telegram

No grupo de estudos Bíblia Investigada você poderá tirar muitas dúvidas sobre vários textos bíblicos. A proposta de trabalho está baseada no jornalismo, sempre em busca de compreensão das Escrituras através de pesquisas e reportagens que incluem expressões idiomáticas, costumes judaicos e cultura dos povos antigos.

Aqueles textos que parecem confusos ou que são usados de forma inadequada podem ganhar um novo sentido e mudar nossas vidas de maneira muito positiva. A Bíblia é incrível! Quanto mais nos aprofundamos em seus ensinamentos, mais nos transformamos e caminhamos em direção ao Criador.

Se você quer receber nossos estudos semanalmente acesse

gospelpri.me/biblia-investigada

Acompanhe a página Bíblia Investigada no Facebook acessando

https://www.facebook.com/groups/apocalipsehoje/

E-books já disponíveis do Movimento Bíblia Investigada

Escatologia I – Fim dos tempos: https://go.hotmart.com/O41615896S

Apocalipse Investigado: https://go.hotmart.com/U9647837K

Armadura de Deus: https://go.hotmart.com/O41806774R

Bendita és tu entre as mulheres: https://go.hotmart.com/Y42041958L

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Jornalista e pesquisadora apaixonada pela Bíblia. Desenvolveu um trabalho de "Jornalismo Investigativo Bíblico", é autora dos livros Derrubando Mitos e Apocalipse Investigado. Seus temas envolvem missões transculturais, Igreja Perseguida, teorias científicas, escatologia e análises de textos bíblicos.

Trending