Siga-nos!

vida cristã

Pastor adverte pais sobre a necessidade da correção

Jucélio de Souza afirma que o “espírito do anticristo” tem pervertido a correção.

Neto Gregório

em

Jucélio de Souza. (Foto: Reprodução / Facebook)

O pastor Jucélio de Souza, coordenador da Missão Sudeste, do Missões Evangelísticas Vinde Amados Meus (Mevam), falou sobre a importância da correção no relacionamento com os filhos e de como o “espírito do anticristo” tem pervertido esse importante conceito.

Para ele, os pais de hoje têm dificuldades em ver o filho sofrer. “Hoje, se você corrige, não ama”, exemplifica sobre o pensamento de alguns pais, mas, lembra que “Deus corrige todo aquele que ama”.

“A correção é o elemento intrínseco do amor”, ensina. Utilizando referências bíblicas, ele lembra que a falta de correção leva os filhos a um “espírito de bastardia”.

O pastor afirma que os pais não estão poupando o sofrimento dos filhos, mas os próprios sofrimentos. “Esses pais não conseguem viver o sofrimento de ver o filho sofrer. Mas o amor não se poupa, o amor poupa o outro”, enfatiza.

“Toda criança tem dentro de si um ponto de quietude. Quando o pai e a mãe não deixam a criança lidar com as contrariedades, vai dando todas as coisas, essa criança não encontra o ponto de quietude”, explica o pastor.

Jucélio alerta sobre os problemas que serão gerados no coração das crianças quando crescerem caso não haja correção.

Conclui dizendo que “não se corrige a consequência, se corrige a desobediência”.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Trending