Siga-nos!

igreja

Missionários levam centenas a Cristo durante pandemia no Quênia

Aldeia foi evangelizada através de doações e ajuda para pessoas carentes.

Michael Caceres

em

Missões no Quênia (TTI)

Enquanto o isolamento social para tentar combater o coronavírus causou desemprego e fome no Quênia, um líder de uma aldeia decidiu apresentar Jesus Cristo, levando ao menos 211 pessoas a conversão.

Jonas, um plantador de igrejas afiliado à The Timothy Iniciative (TTI), viu na crise uma oportunidade de evangelização.

A destruição do emprego, a falta de renda familiar e a escassez de alimentos levou o evangelista a usar sua própria renda para comprar comida para compartilhar com os necessitados.

Sua generosidade inspirou outras pessoas, que também passaram a doar alimentos, distribuídos às famílias mais vulneráveis de sua comunidade.

Além dele, outros três plantadores de igrejas se uniram aos esforços para anunciar o Reino de Deus, compartilhando o amor de Jesus e alcançando 863 pessoas, sendo que 211 passaram a seguir a Jesus Cristo. O resultado surpreendeu aos pregadores.

Segundo o God Reports, entre os que aceitaram a Jesus Cristo havia também um muçulmano, chamado Aasir, que perdeu emprego devido à pandemia, o que acabou deixando ele e sua família desamparados. Quando Jonas apresentou Jesus para ele, Aasir entregou sua vida.

O trabalho social da Igreja em todo o mundo tem levado muitas pessoas ao conhecimento de Cristo, principalmente devido ao fato de as doações serem feitas por pessoas que não têm muito, mas creem na providência de Deus e acabam compartilhando o que possuem para ajudar aos necessitados.

No Brasil, a parceria da Igreja com o Estado tem sido bastante elogiada pelos governantes, que receberam apoio de líderes para promover ações de amparo junto a comunidade carentes.

As igrejas vêm promovendo desde feiras para doações de alimentos, como ajudas diretas para prefeituras das cidades.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Trending