Siga-nos!

igreja perseguida

Ministério cristão defende ajuda para pessoas com atração indesejada pelo mesmo sexo

O Reino Unido planeja proibir as chamadas “terapia de conversão”.

Avatar

em

Bandeiras LGBT
Bandeiras LGBT (Foto: Direitos Reservados/Deposiphotos)

A Core Issues Trust defendeu o aconselhamento para pessoas com atrações sexuais do mesmo sexo, depois de uma reportagem secreta de um jornal.

O assunto é discussão no Reino Unido, principalmente depois da semana passada com o Discurso da rainha que firmou a proibição da chamada “terapia de conversão”.

Daniel Harding, repórter da Sunday Mirror, fingiu ser Joe Wills, um jovem gay com problemas sexuais, secretamente atraído por homens.

O codiretor da Core Issues Trust, Matthew Grech, teve então uma sessão de Zoom com  o suposto Joe Wills.

Sessão sobre atrações indesejadas pelo mesmo sexo

Harding contou que Grech disse a ele durante a sessão que ninguém nasce atraído por pessoas do mesmo sexo, mas que a maior parte dessa influência está no ambiente.

“Nossas mentes formam padrões que podem ser alterados para criar novas maneiras de pensar… para que possamos ter autoridade sobre nossos pensamentos e nos treinar de uma nova maneira”, disse Grech.

Ele também teria afirmado que as pessoas que fazem o aconselhamento dizem que a atração pelo mesmo sexo diminui.

Harding, de 34 anos, afirmou que durante a sua sessão de Zoom foi questionado sobre histórico de abusos na infância, e outras perguntas sobre seu relacionamento com o pai e amigos homens.

Grech também sugeriu que ele trabalhasse para diminuir a timidez e estivesse disposta a receber amizades masculinas de maneira saudável.

Harding afirmou que sentiu raiva ao ouvir que seus sentimentos não estão certos, e que pensa que as pessoas que se aproximam de Matthew vão ser mais atrapalhadas do que ajudadas.

Organização cristã defende o aconselhamento

No entanto, o CEO da Core Issues Trust, Dr. Mike Davidson, afirmou que a abordagem de aconselhamento de Grech durante a sessão com Harding foi “padrão” e “válida”.

Ele acrescentou que os serviços de saúde mental não estão aceitando pessoas com atração indesejada pelo mesmo sexo, tendo em vista ainda a questão de política sexual que não aceita contestações.

“A Core Issues Trust apoiou esses indivíduos abandonados, explorando questões de fluidez sexual e afirmando seus valores cristãos, onde estes são primordiais”, disse ele.

A história publicada pela Sunday Mirror, foi feito depois que o governo informou seus planos para proibir a terapia de conversão depois de uma consulta pública, segundo o Christian Today.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending