Siga-nos!

cosmovisão

João: o escritor de Apocalipse

Ele foi um dos 12 discípulos de Jesus Cristo, sendo um dos mais íntimos.

em

João de Patmos, por Alonso Cano, 1640
João de Patmos, por Alonso Cano, 1640 (Foto: Reprodução/Wikipedia)

Para entendermos com um pouco mais de precisão o livro de Apocalipse, é necessário conhecermos um pouco do autor de seus escritos, que foi o apóstolo João.

João era filho de Zebedeu e de Salomé, que a tradição cristã diz ter sido irmã de Maria, nos dando o fácil entendimento que João era primo de Jesus.

O apóstolo trabalhava com seu pai como um próspero e bem sucedido pescador e era discípulo do profeta João Batista, o profeta que apresentou JESUS ao mundo e depois fez questão de liberar seu discípulo João para ser discípulo de Jesus.

De acordo com a Palavra de Deus, João foi um dos 12 discípulos chamados por Jesus para fazer parte de seu ministério e missão, sendo inclusive parte dos 3 principais discípulos junto com Pedro e Tiago, seu este último seu irmão de sangue.

João e Tiago, por serem irmãos e amarem profundamente a Cristo, fizeram com que sua mãe Salomé pedisse ao Senhor um lugar a direita e outro lugar a esquerda para seus filhos quando Ele reinasse em glória, causando um forte alvoroço entre o restante dos discípulos!

João, juntamente com Tiago e Pedro teve o privilégio de ver o corpo de Jesus transfigurado, como também participou da ressureição da filha de Jairo e pode presenciar seu Mestre no jardim do Getsêmani orando em profunda agonia para fazer a vontade do Pai!

João, juntamente com seu irmão Tiago, tinha um temperamento forte e agressivo, tanto que Jesus os apelidou de “filhos do trovão”. Inclusive certa vez, os samaritanos não quiseram receber Jesus em seu povoado e João pediu a Ele se poderia orar ao Pai pedindo que descesse fogo do céu e queimasse a todos os samaritanos e sua aldeia. Obviamente Jesus o repreendeu por isso.

Conforme conta a tradição cristã, João foi o discípulo mais próximo de Jesus e consequentemente o mais íntimo dEle. Foi ele quem estava sentado ao lado do Salvador na ceia, perguntando quem seria aquele que o trairia! Certamente, quis Jesus tê-lo mais próximo, justamente para moldar seu temperamento agressivo e prepará-lo para ser um grande líder de sua Igreja e aquele que receberia o Apocalipse.

De fato, depois da morte de Jesus, João foi, juntamente com Pedro e Tiago, um dos apóstolos mais importantes da Igreja primitiva, ajudando vários cristãos em vários lugares, tanto em Jerusalém, como na cidade de Éfeso.

João foi o escritor do evangelho de João, onde seu foco era retratar Jesus como Deus, primeira, segunda e terceira João onde alerta seus discípulos e a comunidade onde era um dos pastores a não caírem em falsos ensinos e nem darem ouvidos a pessoas que se diziam cristãs mas não eram e foi também o autor do livro que estamos estudando que é Apocalipse.

Quais eram as circunstâncias que estavam ocorrendo tanto na vida de João como na época em que ele vivia quando recebeu a revelação de Apocalipse?

João já era um líder com mais de 90 anos e obviamente muito respeitado por sua vivência espiritual, ministerial e social. Na época que o Império Romano estava dominando todo o mundo da época, na liderança do imperador Dominiciano, tal líder, queria que todos prestassem não somente respeito por sua autoridade e seu governo, mas também obediência e adoração a sua imagem.

Em sua época, imperadores deveriam receber adoração depois de mortos, mas ele, exigia a adoração a sua própria pessoa ainda vivo, referindo-se a si próprio como “deus” e “senhor” e todos aqueles que não aceitassem recebê-lo como “deus” e “senhor” era assassinado, preso ou exilado! Foi nesse contexto, nos anos 90 d.C. que o apóstolo João, pastoreando a igreja de Éfeso, não aceitou se render a nenhum outro senhor além de Cristo e por isso foi exilado em uma ilha chamada Ilha de Patmos.

Conta a tradição cristã que, ao saber Dominiciano da desobediência de João ao seu “senhorio”, mandou que o lançassem em um tambor com óleo fervendo, mas milagrosamente nada aconteceu com seu corpo, assuntando a todo o império e os forçando a exilá-lo, para que não fosse visto como um mártire pelos cristãos e causasse ainda mais problemas pro seu reinado.

Na ilha de Patmos, a maioria dos teólogos afirmam que João recebeu liberdade para morar, trabalhar, estudar e se comunicar por cartas com quem ele quisesse, outros afirmam que ele foi colocado ali para realizar trabalhos forçados, tempo pouco acesso a comida e itens básicos de sobrevivência! De qualquer forma, foi nesse lugar que João em dado momento, recebeu de Deus uma visão dos tempos finais e compartilhou tudo o que viu escrevendo o famoso livro de Apocalipse.

João como vimos, era um ser humano comum, como você e eu! Tinha seus problemas, seus defeitos, suas manias e inclusive um certo conflito de ciúmes com o apóstolo Pedro para ver quem seria o discípulo mais amado de Jesus! É tão interessante esse desejo que João tinha de ser amado o preferido de Cristo, que quem escreveu que ele era o discípulo amado no evangelho de João, foi obviamente ele mesmo.

Certa vez Jesus falou para Pedro que ele morreria de um modo terrível, indicando ser morte de cruz e Pedro, olhando pra traz, enxerga João os seguindo e pergunta pro Salvador como João morreria! Jesus disse a Pedro “e seu quiser que ele fique vivo até que eu volte, o que você tem a ver com isso?”

Tais palavras de Jesus deixou claro entre os outros discípulos que João tinha sido designado para algo especial e de fato, não seria qualquer um o escolhido por Deus para revelar o apocalipse.

Aprendemos com João que Deus não tem filhos preferidos, mas tem filhos que o preferem mais e por isso se tornam os mais íntimos e mais acessíveis a grandes revelações.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Pastor da Igreja Aviva Panambi, Bacharel em Teologia, Pós Graduado em Liderança Exemplar, especialista em Aconselhamento Pastoral e Libertação e Cura, Escritor com dois livros lançados, Músico e Compositor. É casado com Cíntia Stürmer e pai do Benjamin e Natanael.

Trending