Siga-nos!

igreja

Igreja da Inglaterra começa a revisão do casamento e da sexualidade

Debates e discussão sobre a homossexualidade na igreja vem sendo pauta de líderes.

Michael Caceres

em

Coventry Christopher Cocksworth

Será iniciado um processo formal para discutir sobre uma tomada de decisão e compreensão sobre o que diz respeito aos ensinamentos sobre sexo, sexualidade e casamento na Igreja da Inglaterra, anunciada pela mesma.

O debate se estenderá até 2022, prazo limite que os líderes da igreja estabeleceram para poder chegar a conclusão dos debates que serão iniciados.

O bispo Coventry Christopher Cocksworth, liderou mais de 40 pessoas para trabalhar por três anos em uma série de  discussões sobre temas relacionados, ouvir histórias e compreender a opinião dos outros. O anúncio fez parte lançamento dos recursos “Vivendo em Amor e Fé”.

Um livro de 480 páginas, considerado o maior trabalho já feito nessa área por um grupo religioso no mundo, faz parte dos recursos que foi lançado. Em seu prefácio, o arcebispo de Canterbury Justin Welby e o arcebispo de York Stephen Cottrell se desculparam e reconheceram “enormes danos e mágoas” que o corpo da igreja causou às pessoas LGBT.

Gays e casamento

De acordo com os arcebispos, a igreja falou com muita severidade sobre a verdade, santidade e o discipulado. “A beleza suprema e única da pessoa de Jesus de Nazaré é encontrada não apenas em que ele é a verdade, mas também em que sua verdade é abundante em graça e amor”, escreveram eles.

Cocksworth declarou que entre as questões debatidas estão a decisão sobre se os bispos vão recomendar uma votação da assembleia sobre a permissão de “casamentos de pessoas com o mesmo sexo” dentro da igreja pela primeira vez.

“As nossas diferenças mais prementes são as questões sobre relacionamentos entre pessoas do mesmo sexo, e reconhecemos que aqui as decisões em várias áreas interconectadas precisam ser tomadas com certa urgência”, diz um trecho do livro.

Coventry também explicou que algumas pessoas de dentro do corpo da igreja sentem que a doutrina sobre o casamento na igreja está madura o suficiente para se desenvolver.

Polêmica

Conforme noticiou o Christian Post, o reverendo Julian Henderson, bispo de Blackburn e presidente do conselho evangélico da igreja da Inglaterra, disse que examinará atentamente os novos recursos da igreja para ver se eles não se desviam das Escrituras Sagradas.

Em um comunicado o Rev. Julian disse que: “Para nós, trata-se de seguir a Cristo, submetendo-nos ao que as Escrituras dizem, assim como Ele fez. Portanto, precisaremos discernir qual dos materiais da ‘Vivendo em Amor e Fé’ faz isso, avaliando todos os vários recursos à luz das Escrituras”. 

“Embora discussões sobre essas questões sejam sempre bem-vindas, a questão chave não é sobre o procedimento da igreja, mas se pensamos que o ensino das Escrituras é correto. Então, vamos nos envolver, mas na verdade se trata de obediência às Escrituras “, acrescentou ele em resposta ao anúncio, através do comunicado.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending