Siga-nos!

eventos & conferências

Evangélicos bielorrussos se unem para orar em meio à crise do país

Igrejas evangélicas divulgaram um comunicado conjunto convocando os cristãos.

Michael Caceres

em

Manifestantes na Bielorrússia (Artem Podrez/Pexels)

Em meio a uma crise social, política e econômica depois que Aleksander Lukashenko venceu as últimas eleições com resultados que levantaram suspeitas de fraudes, cristãos da Bielorrússia unir para orar em favor do país, que vive uma onda de protestos.

A crise no país se agravou depois que Svetlana Tijanovskaya, líder da oposição e candidata, foi forçada a deixar o país se refugiando na Lituânia. Desde então, houve uma série de manifestações contra Lukashenko, que está no poder desde 1994 e reagiu com violência.

Estima-se que ao longo das manifestações cerca de 6.700 já foram detidos, mas os manifestantes não desistiram e continuam promovendo atos contra o líder bielorrusso.

Declaração conjunta

A postura ditatorial de Lukashenko levou muitos líderes evangélicos a promoverem uma declaração conjunta contra o governo. Eles reconhecem o momento de crise que o país vive e pedem para que a nação se una em oração para que a vontade de Deus seja cumprida.

O ato conjunto reúne líderes da União dos Batistas Cristãos Evangélicos na Bielorrússia, a Igreja Unida dos Cristãos da Fé Evangélica na Bielorrúsica e a Assocaiação Religiosa das Comunidades do Evangelho Pleno na Bielorrúsica (carismáticos).

“Orem por todos, pelos responsáveis, que tenham temor a Deus e lembrem-se de que sobre eles existe um Juiz Supremo, a quem todos prestaremos contas”, disseram no comunicado.

Os líderes evangélicos pediram ainda para que os cristãos se unissem para “orar pelo fim da violência e do derramamento de sangue, e por todos os afetados e suas famílias. Ore para que o Senhor nos salve do ódio, da vingança e do ressentimento ”.

“Ore para que as pessoas se voltem para Deus por meio de Jesus Cristo e O amem de todo o coração, de toda a alma e de toda a mente, e de seu próximo como a si mesmas. Somente quando amamos a Deus podemos amar nosso próximo corretamente ”, acrescentaram.

Unidos em oração todos os dias

O comunicado propôs que os evangélicos e cristãos se unam em oração todos os dias, das 9h00 às 21h00, lembrando que apesar de as esperanças terrenas não se cumprirem sempre, os cristãos devem ter suas esperanças no Senhor Jesus Cristo.

“As esperanças terrenas nem sempre se cumprem, mas nossa esperança é o Senhor Jesus Cristo, e aquele que crê nEle nunca se envergonhará. E se ainda não houver luz forte nas nuvens, o vento vai soprar e limpar”, destacaram segundo o Evangelical Focus.

A Associação Religiosa das Comunidades do Evangelho Pleno na Bielorrússia (carismáticos), foi a primeira a divulgar um comunicado, destacando que “os últimos acontecimentos em nosso país não podem deixar ninguém indiferente”, pedido ainda para que os “cidadãos do Reino dos Céus e cidadãos da República da Bielorrússia”, mostrem sua posição.

Trending