Siga-nos!

mundo

“Deus ouve nossas orações”, diz Trump ao agradecer por milagres

Presidente americano participou de teleconferência com afetados pela covid-19.

Michael Caceres

em

Donald Trump. (Foto: Chip Somodevilla / Getty Images)

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, agradeceu a Deus por “fazer milagres” durante a crise causada pela pandemia, afirmando que está convencido de que “Deus ouve nossas orações”. Trump participou do evento “Call to Prayer” (“Chamado para Oração”), realizado através de ligação telefônica.

Durante a conferência telefônica transmitida ao vivo pela internet, o líder norte-americano falou sobre a pandemia de covid-19 que o mundo enfrenta, ressaltando que tem orado por todos aqueles que tiveram suas vidas afetadas de alguma forma pelo vírus.

“Cada família que perdeu um ente querido … eu só quero fazer uma oração extra especial”, disse Trump. “Pessoas perderam entes queridos, isso nunca deveria ter acontecido. Ninguém tinha ouvido falar de uma coisa assim alguns meses antes e de repente estão perdendo pessoas”, continuou.

Segundo o Premier Christian News, o presidente dos Estados Unidos desejou condolências às famílias que perderam alguém. “Quero dar minhas mais calorosas condolências às famílias que perderam alguém. Perdi muitos amigos … cinco amigos”, disse.

Poder da Oração

 Aproveitando a iniciativa idealizada por seus conselheiros evangélicos, Trump falou também sobre sua fé na oração e o poder que ela pode ter. Ele disse que sabe que Deus ouve orações e que não tem dúvidas de que Ele está sempre conosco.

“Sabemos que Deus ouve nossas orações”, disse ele. “Não temos dúvidas de que está sempre conosco e vai ajudar-nos a ultrapassar este desafio”, disse.

Concluindo seus comentários, o presidente disse que desejava “agradecer a Deus por fazer milagres” e pediu ao Senhor “pela sabedoria e graça para continuar a liderar nosso país, e para liderá-lo no nível mais alto”.

Trending