Siga-nos!

ciência & tecnologia

Twitter suspende cristão por chamar homem biológico de homem

Gigante de tecnologia continua censurando usuários conservadores.

em

Twitter
Twitter (Foto: Joshua Hoehne/Unsplash)

Apenas dias após o Twitter suspender Allie Beth Stuckey, anfitriã de um podcast cristão, por chamar um atleta transgênero da Nova Zelândia, Laurel Hubbard, de homem, outra voz conservadora foi silenciada pela gigante da Big Tech por exatamente a mesma coisa.

A vítima de censura foi o conservador cristão anfitrião de rádio Erick Erickson, que postou um tweet descrevendo Hubbard como homem, que é como  ele nasceu biologicamente.

“Isso é absurdo. Laurel Hubbard é um homem, mesmo que o Twitter não goste”, escreveu.

Momentos depois, segundo a CBN News, o Twitter suspendeu sua conta por 12 horas e forneceu o mesmo aviso que Stuckey recebeu, que dizia que sua conta “violou as regras do Twitter”, especificamente que ele “não deve promover violência contra, ameaçar ou assediar outras pessoas com base em raça, etnia, origem natural, orientação sexual, gênero, identidade de gênero, afiliação religiosa, idade, deficiência ou doença grave”.

“O Twitter suspendeu minha conta pela indignação de afirmar que um homem biológico é um homem. As regras do Twitter respeitam a Lei da Igualdade, que adiciona proteções aos membros da comunidade LGBTQ, proibindo a discriminação com base no sexo, identidade de gênero e orientação sexual. Bem, parece que a pós-modernidade me alcançou. O Twitter me suspendeu por uma declaração de fato a qual os funcionários acordados do Twitter não gostam. Ao defender Allie Beth Stuckey, que foi anteriormente suspensa do Twitter por uma declaração da verdade, reiterei que, de fato, o levantador de peso transgênero da Nova Zelândia é um homem”, disse Erickson através do Instagram

Além destas personalidades conservadoras, a deputada republicana Marjorie Taylor Greene foi uma das mais recentes figuras políticas que foi vítima da censura no Twitter, mas desta vez por ter tuitado contra a imposição das vacinas contra a vontade das pessoas.

Em julho, o presidente Joe Biden exigiu que todos os funcionários federais recebessem a vacina contra a covid ou enfrentassem medidas rigorosas de teste, mandatos de máscara e restrições de viagem para ajudar a diminuir a propagação da variante delta do coronavírus.

“Você sabe quem mais silencia, censura e proíbe pessoas que eles não gostam e querem ouvir? A China comunista. O comunismo não é bom @Twitter. Salve a América Pare o Comunismo!”, escreveu Green.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending