Siga-nos!

justiça

TSE decide investigar atos de 7 de setembro

O corregedor-geral da Justiça Eleitoral quer investigar ainda se a manifestação representou propaganda política antecipada por parte do presidente.

em

Fachada do edifício sede do TSE (Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) agora quer saber se os atos do feriado de 7 de Setembro foram financiados por empresários ou políticos.

Quem decidiu instar a investigação foi o corregedor-geral da Justiça Eleitoral, Luís Felipe Salomão, que também quer investigar se os atos tinham intenção de propaganda eleitoral antecipada do presidente Bolsonaro.

Além disso, Salomão quer apurar se os manifestantes receberam transporte e diárias pagas para participar do protesto.

De acordo com um vídeo que circula na internet, uma empresa de São Paulo teria pagado “camisa, transporte e R$100” para as pessoas pudessem ir no evento.

Sobre o inquérito

A investigação foi incluída em um inquérito que já está correndo no TSE sobre os questionamentos do chefe do Executivo sobre a credibilidade das urnas eletrônicas – primeira consequência judicial dos atos no inquérito.

A esquerda também se manifestou no mesmo dia dos atos em apoio ao presidente da República, no Anhangabaú, centro da capital paulista, protestando contra o governo, com o tema “Vida em Primeiro Lugar”.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending