Siga-nos!

Estudos Bíblicos

Se morrer pecando ainda está garantido na salvação?

“Portanto, irmãos, procurai fazer cada vez mais firme a vossa vocação e eleição; porque, fazendo isto, nunca jamais tropeçareis” (2 Pedro 1.10).

Tiago Rosas

em

Publicidade

A turma do “Uma vez salvo salvo para sempre” andou por aí dizendo que se morrermos pecando, isso não privará o eleito da salvação. Segundo os tais paladinos da hermenêutica calvinista brasileira, a salvação que é da graça não poderá ser anulada pelo pecado, e a morte no pecado não cancelará esta dádiva da graça.

Tenho duas perguntas a fazer aos tais expoentes e ao seus jovens seguidores, que facilmente se deixam arrebatar por suas elucubrações, ao invés de imitarem aqueles antigos crentes bereanos:

Leia mais...

Continua depois da Publicidade

1. Se um homem crente morrer em cima de uma cama, durante um ato sexual com uma mulher prostituta, este homem vai para o céu? Se Jesus Cristo voltar na mesma hora – ele pode voltar a qualquer instante! – em que este homem estiver traindo a sua esposa, ele receberá o corpo glorificado e subirá ao encontro de Cristo mesmo assim? Esta é só uma situação hipotética, mas muito provável – muito factível, na verdade! – dentre muitas outras situações que poderia propor aqui.

2. Já que essa turma se acha tão boa de exegese bíblica, como, diante de suas declarações públicas, eles explicariam esse texto de Lucas, com palavras do próprio Senhor Jesus Cristo:

“Estejam cingidos os vossos lombos, e acesas as vossas candeias. E sede vós semelhantes aos homens que esperam o seu senhor, quando houver de voltar das bodas, para que, quando vier, e bater, logo possam abrir-lhe. Bem-aventurados aqueles servos, os quais, quando o Senhor vier, achar vigiando! Em verdade vos digo que se cingirá, e os fará assentar à mesa e, chegando-se, os servirá. E, se vier na segunda vigília, e se vier na terceira vigília, e os achar assim, bem-aventurados são os tais servos. Sabei, porém, isto: que, se o pai de família soubesse a que hora havia de vir o ladrão, vigiaria, e não deixaria minar a sua casa. Portanto, estai vós também apercebidos; porque virá o Filho do homem à hora que não imaginais. E disse-lhe Pedro: Senhor, dizes essa parábola a nós, ou também a todos? E disse o Senhor: Qual é, pois, o mordomo fiel e prudente, a quem o senhor pôs sobre os seus servos, para lhes dar a tempo a ração? Bem-aventurado aquele servo a quem o seu senhor, quando vier, achar fazendo assim. Em verdade vos digo que sobre todos os seus bens o porá. Mas, se aquele servo disser em seu coração: O meu senhor tarda em vir; e começar a espancar os criados e criadas, e a comer, e a beber, e a embriagar-se, Virá o senhor daquele servo no dia em que o não espera, e numa hora que ele não sabe, e SEPARA-LO-Á, E LHE DARÁ A SUA PARTE COM OS INFIÉIS. E o servo que soube a vontade do seu senhor, e não se aprontou, nem fez conforme a sua vontade, será castigado com muitos açoites; Mas o que a não soube, e fez coisas dignas de açoites, com poucos açoites será castigado. E, a qualquer que muito for dado, muito se lhe pedirá, e ao que muito se lhe confiou, muito mais se lhe pedirá” (Lucas 12.35-48)

Depois que levantamos a acusação histórica de que esta teologia predestinacionista (incondicional) abre as portas para a libertinagem, ficam achando ruim. Mas de que outra forma poderíamos classificar aquela falsa teologia de que “uma vez salvo, salvo para sempre”, mesmo que você morra pecando? Se Davi tivesse essa convicção, ele não precisaria ter orado em lágrimas e gemidos a Deus, após os pecados de adultério e homicídio, dizendo “Não me lances fora da tua presença, e não retires de mim o teu Espírito Santo” (Sl 51.11). De que servem então as muitas advertências bíblicas sobre vigilância e prudência constante?

Continua depois da Publicidade

De que adiantou Pedro ter dito: “Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar” (1 Pe 5.8)?! Afinal, o diabo pode ou não pode tragar um servo de Deus que não guardar vigilância e sobriedade? Não são arminianos ou luteranos ou católicos que dizem… É a Bíblia que diz: “SEM SANTIFICAÇÃO NINGUÉM (NINGUÉM MESMO!) VERÁ O SENHOR” (Hb 12.14).

Nem eleito, nem não eleito, nem padre, papa, pastor, reverendo, teólogo, homem ou anjo… Sem santificação NINGUÉM VERÁ A DEUS! Quem subirá o monte santo do Senhor, caros escribas calvinistas? Quem habitará no monte santo de Deus? Como os salmistas responderam a essas perguntas lá atrás?

Ah, mas o eleito já tá garantido! E é? Então rasgue isso da sua Bíblia também:

Continua depois da Publicidade

“Portanto, irmãos, procurai fazer cada vez mais firme a vossa vocação e eleição; porque, fazendo isto, nunca jamais tropeçareis” (2 Pedro 1.10).

Senhor, é hora de levantares os teus profetas outra vez, porque os sacerdotes e escribas se têm corrompido!

Publicidade

Receba nossas notícias e colunas diretamente no seu WhatsApp. Clique aqui e entre no grupo Gospel Prime!


Casado, bacharel em teologia (Livre), evangelista da igreja Assembleia de Deus em Campina Grande-PB, administrador da página EBD Inteligente no Facebook e autor de dois livros: A Mensagem da cruz: o amor que nos redimiu da ira (2016) e Biblifique-se: formando uma geração da Palavra (2018).

Publicidade
    Publicidade
    Publicidade

    Trending