Siga-nos!

política

Quando esteve preso, Lula disse que não aguentava programação religiosa

Ex-presidente agora tenta acenar para evangélicos.

em

Lula (Foto: Gibran Mendes / CUT Paraná / Fotos Públicas)

Apesar de ter afirmado que assistiu cultos na cadeia, quando esteve preso por conta dos crimes cometidos, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) reclamou de programação religiosa na TV aberta quando esteve preso.

De acordo com coluna de Mônica Bergamo, da Folha de São Paulo, durante o período em que esteve preso em Curitiba, antes de ser livrado dos crimes por manobra no Supremo Tribunal Federal (STF), Lula reclamou que havia muita programação religiosa na TV aberta.

“E o ex-presidente tem reclamado da programação da TV aberta, a única a que tem acesso na sala em que está preso. Ele diz que não aguenta mais ver tanto programa religioso na tela. Lula afirma também que se recusa a ver telejornais”, escreveu a colunista em 3 de maio de 2018.

Agora, na tentativa de conquistar o eleitorado evangélico, Lula diz que passou “boa parte” de seu tempo preso em Curitiba assistindo a cultos e celebrações religiosas, o que teria servido para “nutrir a ideia” de criar uma luta mundial contra a desigualdade.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending