Siga-nos!

opinião

Evangelismo Criativo: Como usar os dons naturais para alcançar vidas

“Pregue o Evangelho em todo tempo. Se necessário, use palavras”.

em

Palhaço
Palhaço (Foto: Kues/Freepik)

Você é do tipo de pessoa que se sente travada e que acredita não ter “vocação” para o evangelismo? Compartilhar a é algo que te assusta? Bem-vindo ao time! São muitas as pessoas que não se sentem aptas ou preparadas para cumprir este chamado.

A coisa piora quando falamos em “Evangelismo Criativo”. Parece que estas duas palavras nos distanciam ainda mais do propósito a qual Deus nos confiou em levar as Boas Novas para todo o mundo e para toda criatura.

Tem alguns problemas na afirmação de que alguém possa não se sentir preparado para cumprir a Grande Comissão, que é o chamado de Jesus Cristo para pregarmos a Palavra de Deus. Primeiro, pelo fato de que somos capacitados pelo Senhor para essa missão. E também por se tratar de uma ordem de Jesus Cristo para todos, conforme Marcos 16.15: “E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura”.

Todos fomos chamados para evangelizar, precisamos entender que isso é dever de todo cristão testemunhar da Sua obra redentora na cruz. Então você busca formas de evangelizar.

A minha ferramenta de evangelismo é o palhaço, estudo e desenvolvo ela para ganhar vidas. Há ainda o louvor, a sua voz, teatro, a interpretação, e dança, os movimentos. Essas são algumas das ferramentas para aplicação em um evangelismo criativo.

Todas essas ferramentas têm como base dons naturais. Existem pessoas que têm maior facilidade de se comunicar, são boas oradoras, então usam o talento natural da fala para transmitir o que desejam. Pessoas extrovertidas conseguem cativar e usam isso em seu favor.

Como está escrito em 1 Pedro 4.10: “Cada um administre aos outros o dom como o recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus”.

Você irá desenvolver sua forma de evangelização guiado pelo Espírito Santo, que irá usar o que você já possui, seus talentos que foram entregues por Deus, assim deve investir o seu maior potencial para alcançar vidas para Cristo.

Não estou dizendo que os nossos dons naturais ou ferramentas que utilizamos no evangelismo criativo é que convencerá alguém. A Palavra de Deus é muito clara: “Quando ele [o Espírito Santo] vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo.” (João 16.8 – grifo do autor). Porém, devemos ter em mente que Deus confiou a nós a missão de comunicar o Evangelho.

O que é evangelismo?

Talvez você não saiba nem mesmo o que é evangelismo. Vejamos a definição feita pelo teólogo Josep C. Aldrich sobre “evangelizar”:

“Evangelizar é expressar o que eu posso em Cristo, e explicar como eu vim possuillo. No sentido mais real, evangelização é exibir ao todo o caráter de Deus – Seu amor, Sua justiça, Sua integridade, e Sua fidelidade – através das particularidades da vida cotidiana. Portanto, a evangelização não é uma atividade “especial”, a ser realizada numa hora determinada. É o fluxo espontâneo e constante de uma experiência individual e coletiva em Cristo. Ainda mais especificamente, a evangelização é o que Cristo faz através da atividade de seus filhos, a medida que eles são envolvidos na proclamação , comunhão e serviço.”

Portanto, está claro que evangelizar é manifestar o caráter de Cristo no cotidiano, no dia a dia, e ser um pequeno Cristo por onde você for. Tem uma frase atribuída a Francisco de Assis, que disse: “Pregue o Evangelho em todo tempo. Se necessário, use palavras”.

Evangelismo Criativo

Compreendemos que é papel de todo Cristão a evangelização, ela se dá inicialmente pelo testemunho de uma vida em Cristo, que vai além de ir no culto ou participar de uma célula, mas ter uma vida íntima com Cristo e assim, sem palavras, minhas ações irão impactar vidas.

Mas quando usamos de estratégias evangelísticas específicas para alcançar determinado grupo de pessoas, seja em presídios, casas de acolhida, hospitais, entre outras, precisamos utilizar da criatividade, ou o que chamamos de “Evangelismo Criativo”, que é usar seus talentos naturais de forma criativa para falar do amor de Deus.

Reconheço que o evangelismo criativo torna essa missão ainda mais complexa, pois nos obriga a buscar o aperfeiçoamento e o desenvolvimento de nossos talentos. Ainda existe a questão espiritual. Muitas vezes somos criativos em decorar nossas casas, nosso jardim, nosso carro e realizar tantas outras atividades que requer essa competência, mas temos uma dificuldade em evangelizar  com criatividade.

Existem algumas barreiras que explicam o bloqueio criativo para nossas atividades eclesiásticas. A primeira delas é a religiosidade. Ela nos impede de sermos criativos, pois sempre está baseada em ritos e uma falsa sacrocidade. Superar essa barreira, muitas vezes, significa ter de lidar com críticas.

No hospital, uso a estratégia de tocar músicas seculares que não ofendem a Palavra de Deus, e muitos no leito de morte pedem músicas de cantores antigos, como Roupa Nova ou Roberto Carlos e nós tocamos tranquilamente. Isso gera empatia e abre espaço para que possamos compartilhar o Evangelho.

Outra barreira para o evangelismo criativo, é quando buscamos ter ideias revolucionárias, ideais que em sua cabeça mudará o mundo todo ou necessariamente precisam ser mirabolantes. Acreditamos que se a ideia for simples, ela não é criativa. Isso é um mito! Usar ideias simples com peculiaridades locais e culturais é muitas vezes mais eficiente do que algo exagerado.

Evangelismo criativo não ira mudar o mundo todo, mas pode transformar o mundo de uma única pessoa, isso já se fez valer a pena.

Também não é preciso copiar o que já está sendo feito. O que o Senhor entrega para alguém não quer dizer que dará certo para você que copiou. Busquem em Deus através da oração e intimidade com Espirito Santo. Lembre-se que o Senhor pode dar sabedoria a quem precisa (Tiago 1.5).

EVANGELISMO CRIATIVO é quando você coloca seus talentos e dons de maneira estratégica e única para alcance de vidas.

Hoje nos hospitais uso de uma estratégia muito simples para falar do amor de Jesus as pessoas, mandei fazer receituário de doutor palhaço e nele prescrevo medicações e no fim pego carimbo que mandei fazer.

Quando as pessoas vão ler a receita, lá está recomendado o uso da fé, da salvação e da oração. Muitos vão às lágrimas, muitos fazem oração de entrega de sua vida, pois a criatividade está a serviço de Deus.

Deus te chama a usar toda criatividade que Ele te deu para alcançar vidas, chega de se sentir despreparado, apenas peça ao Senhor e tenha um coração disposto e prove da criatividade do Céu.

“E assim, seja o que for que vós pedirdes em meu Nome, isso Eu farei, a fim de que o Pai seja glorificado no Filho.” (João 14.13)

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Pastor da Igreja Mover Viamão, Palestrante, Escritor e Teólogo. Fundador dos Doutores da Graça e Doutores em Rede, que realiza projetos sociais no Brasil, Angola e Moçambique através da ferramenta do palhaço humanitário cristão.

Trending