Siga-nos!

sociedade

Entidade LGBT pede fim de termo “pai” e “mãe” em formulários

A ação foi apresentada ao Supremo Tribunal Federal, mas ainda não tem data para ser avaliada.

em

Bandeira LGBT
Bandeira LGBT (Foto: Reprodução/Pixabay)

A Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Intersexos (ABGLT), entrou com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar excluir os termos “pai” e “mãe” dos formulários públicos presentes na maioria dos órgãos brasileiros.

A justificativa da entidade LGBT foi que os casais homossexuais estavam ficando desconfortáveis com o uso dos termos. O advogado da ABGLT, Daniel Sarmento, disse que tais formulários são humilhantes para as famílias.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

“A ação parte de premissas já estabelecidas pelo Supremo sobre a absoluta igualdade das relações homoafetivas, absoluta legitimidade das relações familiares de duas mães ou dois pais, por exemplo. E busca provar no Supremo para superarmos esses obstáculos burocráticos que são, muitas das vezes, duros e humilhantes para as famílias”, disse Sarmento.

No pedido inicial a associação pede que os formulários substituam as indicações “pai” e “mãe” por “filiação 1” e “filiação 2”.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Além da ABGLT, a Clínica de Direitos Fundamentais da UERJ, Wallace Corbo e Ivanilda Figueiredo também são autores da ação.

Não há data para que o caso seja analisado pelo STF. O relator do caso na Suprema Corte é o ministro Nunes Marques.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending