Siga-nos!

Opinião

Crítica: quando ligar e quando desligar na sua vida!

“Eu não sei o segredo do sucesso, mas o do fracasso é tentar agradar a todas as pessoas” – Rick Warren

Carlito Paes

Publicado

em

Mãos se protegendo. (Photo by M.T ElGassier on Unsplash)
Publicidade


Vou iniciar este artigo de forma mais humorada, citando uma frase do escritor irlandês Oscar Wilde: “Nos melhores dias da arte não existiam os críticos de arte.”

Normalmente lidamos mal com críticas, lidamos melhor com elas quando se referem aos outros, quando se trata de nós, ou de pessoas que amamos, geralmente temos uma tendência de autoproteção e defesa, o que não é de tudo ruim, fazem parte da nossa natureza, porque na verdade em muitos casos as críticas são unilaterais e maldosas e podem nos paralisar, e por isto precisamos nos defender.

Publicidade

Leia mais...

É muito comum você ser criticado e elogiado pelas mesmas pessoas, depende da posição que você se encontra na vida, em algumas profissões isto é ainda mais evidente, como nos casos dos técnicos esportivos, artistas e pastores. Veja por exemplo Jesus. No denominado, “Domingo de Ramos” Jesus foi recebido pelos Judeus de Jerusalém com mantos e palmas pelas ruas da cidade, na sexta-feira da mesma semana foi acusado, preso e condenado pelo mesmo povo que preferiu soltar o criminoso Barrabás em seu lugar. Uma relação de amor e de ódio!

Sendo assim, com relação a crítica, não podemos absolutamente, generalizar, precisamos refletir quando lidamos com este assunto, e após refletirmos precisamos e devemos, literalmente “desligar” ou pelo contrário precisamos “ligar” da crítica alheia. Você precisa tratar o assunto com sabedoria e prudência, até porque como disse o músico finlandês Jean Sibelius: “Não devemos dar demasiada atenção ao que os críticos dizem. Nunca foi erguida uma estátua em honra a um crítico.”

Publicidade

Para o nosso benefício pessoal e para o das pessoas que amamos, que estão perto de nós ou sob nossa liderança, quando devemos dar a devida atenção a crítica ou quando devemos simplesmente ignorar?

Vejamos, dentre outros sinais, 6 deles que são vitais para o enfrentamento das críticas em sua vida:

Sinais para se desligar das críticas:

Primeiro; quando elas são enviadas por pessoas que estão claramente levando a situação para o pessoal; isto é, quando o crítico está ressentido e amargurado com você por causa de alguma situação do passado.

Publicidade

Em segundo; quando o seu crítico não conhece absolutamente nada de você; ele não faz uma crítica parcial, ele tem um julgamento pessoal, não o procurou para conhecer, nem você, nem os fatos que cercam o assunto. Ataques são diferentes de críticas. Você precisa discernir a situação, porque lamentavelmente muitas críticas são motivadas por questões de inveja e maledicência. É comum críticas se tornarem calúnias por um único motivo: Inveja. Muitos críticos não são inteligentes, são pequenos e mesquinhos.

Em terceiro, quando o crítico é um nobre anônimo e está querendo utilizar-se de sua visibilidade e liderança para ganhar alguns minutos de exposição pública, isto acontece muito na mídia e nas redes sociais, muito cuidado para não cair justamente na estratégia do seu crítico, tudo que ele quer é uma manifestação sua para alimentar a discussão e sua permanência na carona da sua visibilidade, e tenha certeza, o anônimo não vai parar, ele não tem nada a perder, quem deve parar é você.

Quarto, quando existe motivações e questões financeiras e outros interesses pessoais envolvidos, existem pessoas que usam da crítica para se chegar a outros; isto é, atacam seu opositor gratuitamente para agradar você; muito cuidado, esta pessoa não é de confiança, ela não tem convicções, ela tem má intenção.

Em quinto, pessoas que tem histórico de fofocas, existem “figurinhas” tão carimbadas na crítica alheia, que nem seus familiares o ouvem mais, e cuidado; eles estão por todo lado; em todas as famílias, profissões e religiões.

Em sexto; críticas feitas por pessoas completamente ignorantes da área de discussão em foco, na cultura popular brasileira, todos tendem a ser doutores da profissão do outro. Passionalidades levam pessoas que ignoram uma realidade a fazerem críticas bem fora da realidade!

Sinais para se ligar a críticas:  

Primeiro; quando são feitas por pessoas que amam você; geralmente pessoas da sua família ou de círculos pessoais de amizade; elas são tão reais e claras que fica difícil de ouvir e encarar, todavia são remédios divino para nossa alma doente; são seguramente as únicas pessoas do mundo que farão estas críticas, mas para te salvar, elas não só fazem a crítica, como elas fazem de forma pessoal e não por trás, de forma leviana.

Segundo; pessoas de caráter e de motivação verdadeira, podem ser que não sejam pessoas tão próximas, todavia tem integridade e imparcialidade, são pessoas reais, comprometidas com o bem comum e tem uma história de responsabilidade social.

Publicidade

Terceiro, pessoas que tem liderança sobre sua vida, sejam pais, líderes espirituais, professores, patrões, gente que não têm motivação de te destruir e sim te forjar, dê atenção e honre estas pessoas em tua vida, elas desejam te construir como uma pessoa melhor.

Em quarto lugar, especialistas nas áreas justamente que você está errando, você não sabe tudo, e uma virtude realmente aliada em nossas vidas é a humildade para saber que nunca sabemos tudo, e que sempre precisamos de um coração aprendiz para continuar crescendo.

Em por último, se desligue de críticas de fundamentalistas religiosos, puritanos xiitas que criticam simplesmente porque eles fariam diferente, não deixe ninguém te parar por causa de seus gostos e preferências pessoais, cuidado com o falso moralismo, Cristo foi duro com este tipo de gente em seu tempo, os chamou de “sepulcros caiados” só tem beleza por fora.

Decida a quem você vai dar ouvido em sua única vida, o escritor cristão norte-americano Rick Warren escreveu em seu livro: Uma Vida com Propósitos: “Eu não sei o segredo do sucesso, mas o do fracasso é tentar agradar a todas as pessoas.” Ouça as pessoas que amam a Deus e amam a você; estes ao invés de críticas, preferem aconselhar, ouça-os! Orgulhos e prepotentes, não ouvem ninguém, mas como cristão não é o seu caso, você é sábio e saberá ouvir, ao mesmo tempo que saberá quando será necessário ignorar para prosseguir!




Gosta do nosso conteúdo? Considere ajudar nosso ministério! Saiba mais em apoia.se/gospelprime


Comente!
Publicidade
    Publicidade
    Publicidade

    Trending