Siga-nos!

igreja perseguida

Radicais matam filhos e sequestram filha de pastor, na Nigéria

Pastor, filhos e engenheiro cristão foram baleados por homens armados no nordeste da Nigéria.

em

Rev. Daniel Umaru com sua família (Foto: Reprodução/Arquivos Pessoais)

Um pastor nigeriano chamado Daniel Umaru foi atacado por radicais islâmicos quando estava com sua família, no nordeste do país, tendo seus dois filhos mortos e uma filha sequestrada.

De acordo com Morning Star News, os agressores estavam atormentados por causa do terrorismo islâmico e atiraram contra o pastor Daniel Umaru em 5 de julho. A situação ocorreu na cidade de Mubi, estado de Adamawa.

Os assassinos mataram os filhos do pastor, Kefrey Daniel, de 19 anos, e Fanye Daniel, de 23, na frente do pai e, posteriormente atiraram contra ele.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Os homens ainda sequestraram a filha de 13 anos do pastor chamada Ijagla. A menina foi liberta em 8 de julho após pagamento do resgate.

Segundo informações de Adunni, moradora da região, o pastor Umaru da Igreja dos Irmãos da Nigéria, estava se recuperando em um hospital.

“Ele foi baleado e deixado a sangrar até a morte. Tanto o pastor ferido quanto sua esposa, que ficaram inconscientes durante o ataque, foram levados para o hospital”, disse Adunni.

Suleiman Nguroje, representante da polícia do estado de Adamawa, confirmou o ataque e disse que os agressores invadiram a casa do pastor no dia 5 de julho às duas horas da manhã.

Em comunicado, o governador do estado condenou a situações e afirmou que os assassinos devem responder à justiça.

“Por favor, ore pela intervenção de Deus neste estado sobre os ataques intermináveis ​​a cristãos e igrejas”, lamentou Peter Musa, morador da região.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Dia 8 de julho, os filhos do pastor foram enterrados na sede da igreja em Kwarhi Maararba, área do governo local.

Em Yola, capital do estado, homens armados mataram uma professora cristã no dia 14 de julho. Yohanna Mbudai Bzegu, a professora, morara em Bajabure e lecionou na Adamawa State Polytechnin.

De acordo com informações, os agressores entraram na casa da professora que fica atrás do Seminário Anglicano Júnior às 3h e a mataram a tiros.

“A palestrante cristã foi baleada várias vezes no peito depois que os terroristas entraram à força em sua casa, antes disso, os terroristas tentaram invadir sua casa mais de quatro vezes, mas não tiveram sucesso”, disse morador da vizinhança.

A polícia local está à procura dos suspeitos.

Até ano passado, a Nigéria assumia a liderança mundial de país que teve o maior número de cristãos mortos por sua fé.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Segundo o relatório da Open Doors, foram mortas 4.650 pessoas e sequestradas cerca de 2.500.

Em 2022, a Nigéria ficou atrás apenas da China em número de igrejas atacadas. O relatório mostrou que a Nigéria ocupa o sétimo lugar na classificação de países onde é mais difícil ser cristão.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending