Siga-nos!

opinião

Mensagens autênticas contra falsas representações do evangelho

em

Mensagens autênticas contra falsas representações do evangelho

 “E chamando a si a multidão, com os seus discípulos, disse-lhes: Se alguém quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome a sua cruz, e siga-me.
Porque qualquer que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á, mas, qualquer que perder a sua vida por amor de mim e do evangelho, esse a salvará.
Pois, que aproveitaria ao homem ganhar todo o mundo e perder a sua alma?
Ou, que daria o homem pelo resgate da sua alma?
Porquanto, qualquer que, entre esta geração adúltera e pecadora, se envergonhar de mim e das minhas palavras, também o Filho do homem se envergonhará dele, quando vier na glória de seu Pai, com os santos anjos.”
Marcos 8.34-38

Infelizmente, se nos reguardamos em falarmos de exposições autênticas do evangelho genuíno/puro é porque temos muitas falsas representações da mensagem de Cristo e da cruz. Há inúmeros falsos evangelhos ou falsificações das sãs doutrinas e que são pregadas nos púlpitos, e até na TV, nos dias atuais.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Muitos têm sido levados ao erro por estas mensagens enganosas e por falsificações da mensagem da cruz, esta é a causa e necessidade deste texto.

Existem muitos falsos evangelhos e vamos aqui citar alguns deles:

1. Falso: O evangelho que exalta o homem ao invés de Deus, que massageia o ego. Aquele que despreza o fato de que não há um justo, nem um sequer (Rm 3.10) e que todos pecaram(Rm 3.20). São mensagens que fazem com que os homens esqueçam que tudo o quanto recebemos o recebemos pela graça de Deus, fazem parecer que Deus nos deve algo, colocam o homem como o centro de tudo;

2. Falso: O evangelho que apresenta Deus como aquele que veio para satisfazer as nossas vontades. “Que seja feita a minha vontade, não a Tua.”. Apresenta o Eterno Deus como uma espécie de gênio da lâmpada, sempre disposto, guiado e moldado pelos desejos e caprichos daquele que pede;

3. Falso: Outro, é a mensagem do Deus ao meu modo: “é assim que eu creio, não importa o que diga a Escritura. Deus é bom e me ama, pronto.” Esquecem que Deus é amor, mas também é justiça e que um dia haverá juízo sobre todos os homens, a começar pela casa de Deus;

“Porque já é tempo que comece o julgamento pela casa de Deus; e, se primeiro começa por nós, qual será o fim daqueles que são desobedientes ao evangelho de Deus? E, se o justo apenas se salva, onde aparecerá o ímpio e o pecador?” 1 Pedro 4.17-18

E vi um grande trono branco, e o que estava assentado sobre ele, de cuja presença fugiu a terra e o céu; e não se achou lugar para eles. E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante de Deus, e abriram-se os livros; e abriu-se outro livro, que é o da vida. E os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras.” Apocalipse 20.11-12

4. O falso mais “famoso”, o evangelho da prosperidade, que promete dinheiro, fama e riquezas. Este, muito comum nos dias de hoje, pauta-se no desejo de riqueza, de como ter sucesso, como ficar famoso, na cobiça, como ser um grande líder, um líder de sucesso. Nesta representação o EU, o interesse pessoal e a sedução das riquezas são a força motriz deste movimento.

“Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom.” Mateus 6.24 “E outros são os que recebem a semente entre espinhos, os quais ouvem a palavra; Mas os cuidados deste mundo, e os enganos das riquezas e as ambições de outras coisas, entrando, sufocam a palavra, e fica infrutífera.
E estes são os que foram semeados em boa terra, os que ouvem a palavra e a recebem, e dão fruto, um trinta, e outro sessenta, e outro cem.” Marcos 4.18-20 Mas os que querem ser ricos caem em tentação, e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, que submergem os homens na perdição e ruína. Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores. Mas tu, ó homem de Deus, foge destas coisas, e segue a justiça, a piedade, a fé, o amor, a paciência, a mansidão.” 1 Timóteo 6.9-11 ;

“Novamente o transportou o diabo a um monte muito alto; e mostrou-lhe todos os reinos do mundo, e a glória deles. E disse-lhe: Tudo isto te darei se, prostrado, me adorares. Então disse-lhe Jesus: Vai-te, Satanás, porque está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele servirás.” Mateus 4.8-10

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

5. A mensagem da idolatria, desde a comum, deuses que cabem no bolso ou no pescoço, que podem ser postos onde o devoto quiser e como quiser e que se ainda não realizar o que o devoto pede pode ser penalizado, ficar de cabeça para baixo ou ser amarrado na boca de um poço. Este que é um ponto extremo da cegueira espiritual. Existem outros tipos de idolatria, a homens, a modelos doutrinários, a bens. Que fique claro, admiração e honra a quem merece é uma coisa, idolatrar é outra bem diferente.

 Pois bem, e o que vem ser uma autêntica exposição do evangelho? O evangelho puro, claro e transparente?

  1. O evangelho genuíno, ou uma mensagem pura é aquela que expõe a pecaminosidade humana, a corrupção da nossa natureza, a podridão dos nossos pecados em contraste com a santidade extrema de Deus;
  2. É a mensagem que fala de arrependimento, da soberania e da primazia de Deus sobre todas as coisas;
  3. É a mensagem que fala do servir a Deus e não de buscar um a deus que nos serve;
  4. É negar-se a si mesmo, reconhecendo-se impotente para a salvação, é que diz que devemos carregar a nossa cruz, renunciar a nossa própria vontade;

O pastor Leonard Ravenhill certa vez declarou: Eu acredito que a essência do cristianismo é o sacrifício. Não Sucesso, mas sacrifício.

5. A autêntica exposição do evangelho é aquela que apresenta a Cruz, a necessidade de morremos para nós mesmos; Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a pela fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim.” Gálatas 2.20E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências.” Gálatas 5.24 “Porque, se viverdes segundo a carne, morrereis; mas, se pelo Espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis”.Romanos 8:13

6. A cruz representa a morte, representa o quanto estávamos perdidos, como ovelhas desgarradas, cada um seguindo o seu próprio caminho (Is 53);

7. O genuíno evangelho, ou uma verdadeira exposição dele, é aquela que fala ao homem que ele deve arrepender-se, crer e se entregar a Deus de todo coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento.

Quando alguém ouve, crê e se apega a fé no autêntico evangelho o que acontece é isto:

“E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos pensamentos em Cristo Jesus.” Filipenses 4.7

A Graça e a paz de nosso Senhor Jesus seja convosco.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

 

 

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Pastor, especialista em Ciências da Religião, Teólogo, MBA em Gestão Pública e Gerência de cidades, graduado em Gestão Pública, instrutor, Analista Administrativo e Escritor.

Trending