Siga-nos!

estudos bíblicos

O que a Bíblia diz sobre a pena de morte?

Tal pena nunca é aplicada pelos cristãos, nem por eles buscada contra alguém.

em

Corredor escuro (Charles Deluvio / Unsplash)

E, então, é moral ou imoral?

Concluo este tópico dizendo que creio ser moral a aplicação da pena de morte pelo Estado, se tal prática já está regulamentada; mas creio ser imoral cristãos clamarem pela execução de quem quer que seja, antes devendo sempre olhar com lamento a morte programada de alguém por quem Cristo se ofereceu na cruz do Calvário.

No tocante à vida, o grande princípio da ética cristã repousa sobre o próprio Cristo: “eu vim para que todos (todos!) tenham vida, e a tenham com abundância” (Jo 10.10). Creio que o ideal é embainharmos nossas espadas, para não retirarmos sequer a orelha de nossos inimigos! (Mt 26.52) Que dirá a vida…

Cristãos não devem juntar-se à fileira daqueles que pedem pena de morte para ladrões, estupradores ou assassinos, ainda mais em virtude de que Cristo nos ordena “amar nossos inimigos” (Mt 5.44) e “abençoar e não amaldiçoar” (Rm 12.14). Isso não significa ser condescendente com o erro, nem afrouxar a justiça ou o valor da vida (da vítima); significa antes considerar que a vida do transgressor é igualmente preciosa à da vítima, e que se a vida desta não foi preservada, ao menos a daquele deve ser, dando-lhe inclusive tempo e oportunidade para arrependimento e salvação da alma, antes que a morte natural chegue para ele a seu tempo.

No mais, há muitas outras formas de justo julgamento aos que cometem crimes gravíssimos contra a pessoa humana e a sociedade, que não envolvam nem a tortura, nem a morte cruel; e de minha particular avaliação penso que a prisão perpétua (não praticada no Brasil, bem como a pena de morte) seria uma pena justa e adequada ao invés da pena de morte.

Quando se há “entranháveis afetos de misericórdia” (Fp 2.1), prefere-se a privação da liberdade do infrator do que a privação de sua vida. Tanto quanto pudermos deixar que o próprio Príncipe da vida (At 3.15) coloque um termo à vida de qualquer homem, deixemos que assim seja.

Cristãos devem orar pelos que governam (1Tm 2.1-2) e cooperar com o poder público para o desenvolvimento de uma sociedade de justiça e paz, onde a pena capital nem necessite ser criada, nem praticada. Creio que este é o caminho de uma ética cristã excelente, que tem em Cristo o seu grande referencial!

REFERÊNCIAS

[1] Tertuliano, em “Acerca da idolatria”. Citado por Alan Pallister em Ética Cristã hoje, Shedd Publicações, p. 132
[2] Menno Simons, citado por Alan Pallister, op. cit., p. 135
[3] Douglas Baptista. Valores cristãos: enfrentando as questões morais do nosso tempo, CPAD, pp. 51,2
[4] Alan Pallister, op. cit., p. 137
[5] Claudionor de Andrade. As novas fronteiras da Ética Cristã, CPAD, p. 81
[6] Hank Hanegraaff. O livro das respostas bíblicas, CPAD, p. 431
[7] Hank Hanegraaff. Op. cit., p. 431
[8] Alan Pallister. Op. cit., p. 146
[9] Alan Pallister. Op. cit., p. 146
[10] C.S. Lewis. Citado por Hanegraaff, op. cit., p. 432
[11] William L. Craig. Em Guarda, Vida Nova, p. 181

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Páginas: 1 2 3

Casado, bacharel em teologia (Livre), evangelista da igreja Assembleia de Deus em Campina Grande-PB, administrador da página EBD Inteligente no Facebook e autor de quatro livros.

Trending