Siga-nos!

igreja perseguida

Xi Jinping explica porque é contra os direitos humanos

Segundo ditador, direitos humanos, liberdade e democracia são valores ocidentais burgueses que um país marxista nunca aceitará.

em

Ditador chinês Xi Jinping
Ditador chinês Xi Jinping (Foto: Ng Han Guan/AP)

O jornal diário do Partido Comunista da China (PCCh) está publicando uma série aprovada pessoalmente por Xi Jinping chamada “Perguntas e Respostas sobre o Estudo dos Pensamentos de Xi Jinping sobre o Socialismo com Características Chinesas na Nova Era”.

A série apresentou no dia 2 de setembro a resposta de Xi Jinping à pergunta “Por que devemos tomar uma posição clara contra os chamados ‘valores universais’ do Ocidente?”, na qual Xi Jinping fala sobre os “valores universais” que seriam os valores da liberdade, da democracia e dos direitos humanos defendidos pela burguesia ocidental moderna.

Xi Jinping, um marxista ortodoxo, divide a história humana em etapas. Enquanto o palco da autocracia feudal foi derrotado pelo estágio mais progressivo das revoluções burguesas, o estágio do liberalismo burguês foi, ou deveria ser, derrotado pelo socialismo marxista.

Ele explica que os valores da liberdade, da democracia e dos direitos humanos desempenharam um papel histórico no processo de oposição à autocracia feudal, e durante esse processo, eram valores progressivos.

No entanto, no âmbito da teoria dialética marxista da história, os mesmos valores, que antes eram progressistas, tornaram-se reacionários no próximo estágio histórico.

“À medida que a burguesia ganhou uma posição dominante, esses valores têm se tornado cada vez mais ferramentas para manter o domínio do capital”, escreve Xi Jinping segundo China Aid.

De acordo com Xi Jinping, embalar esses valores como ‘valores universais’ e promovê-los globalmente é uma estratégia inteligente da burguesia internacional, liderada pelos Estados Unidos e outros países ocidentais, e que confunde muitas pessoas.

Para o presidente chinês a verdade é que, se alguém adere, como ele, ao materialismo dialético marxista, não existem valores universais válidos para todas as fases da história.

Democracia, liberdade e direitos humanos eram ferramentas úteis e válidas usadas pela burguesia para derrubar a “autocracia feudal”. Na próxima etapa da história, essas são armas reacionárias para “manter o domínio do capital” sobre os proletários, e devem ser liquidadas pelo socialismo.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending