Siga-nos!

Esportes

Time evangélico se destaca na Copa São Paulo de Futebol Júnior

Visão Celeste pertence a um grupo de pastores da cidade de Parnamirim, no Rio Grande do Norte

em

Visão Celeste
Visão Celeste. (Foto: Divulgação)

O time Visão Celeste, da cidade de Parnamirim, na Grande Natal (RN), chegou nas oitavas de final da Copa São Paulo de Futebol Júnior, mas foi vencido pelo time do Corinthians por 8 a 0.

O clube potiguar existe desde 1972, com o nome de “Visão”, mas em meados de 2010 foi comprado por um grupo de pastores da cidade e um novo time nasceu ganhando o segundo nome.

Ao falar sobre o time, Hélio Florêncio, vice-presidente, declarou que além de treinar os pequenos atletas, eles também investem na formação de caráter e religiosa, mas sem obrigá-los a aceitarem a religião evangélica.

“O clube foi criado com essa finalidade de ser diferente, de trabalhar os atletas, mas trabalhar o homem, falar um pouco de Deus pra esses jovens. É óbvio que sem obrigar ninguém a seguir nada”, declarou em entrevista ao GloboEsporte.com.

O maior desafio do time é ter um local para treinar, como o vice-presidente explicou, a meta do clube para 2019 é não precisar alugar campos.

Empresários de São Paulo investiram para que o clube participasse da competição, pagando para que eles treinassem em Itu um mês antes do início dos jogos e o resultado foi muito satisfatório.

O Visão Celeste foi o único time da região Nordeste a participar da competição. Mesmo não passando das oitavas de finais, ele conseguiu destacar o atacante Zé Eduardo como o vice-artilheiro da competição por ter marcado sete gols.

Publicidade