Siga-nos!

Mundo Cristão

Padre é acusado de violência durante batismo de menina em igreja

Reações nas redes sociais da Rússia foram brutais

Publicado

em

Padre Ilia Semiletov
Publicidade

Um padre russo enfrentará julgamento na corte da Igreja Ortodoxa Russa depois que um vídeo onde ele batiza uma menina de dois anos viralizou na internet.

O padre Ilia Semiletov é visto forçando a cabeça da criança nua debaixo d’água na pia batismal três vezes e, no final, disse: “Satanás está dentro dela”.

No vídeo, a menina grita, mas nenhum dos adultos intervém, sendo possível ouvir até risos entre os que estavam por perto.

A mãe admitiu que a menina “chorou porque estava com medo do padre”, mas insiste que não registraram queixa.

Liliya Reznikova, que estava na igreja, revelou que o padre disse aos presente as crianças devem ser “quebradas” durante o ritual de batismo porque “Satanás já está dentro delas”. Isso a deixou preocupada.

Publicidade

A reação online nos últimos dias tem sido brutal, com os russos chamando o padre de “doente” nas redes sociais e criticando os parentes “que não conseguiram impedir este pesadelo”. A maioria pede que padres sejam impedidos de usar “violência” no ritual.

A Igreja Ortodoxa Russa anunciou que irá ouvir o padre. O arcebispo Mikhail Samokhin, da diocese de Pyatigorsk e Circassian, lamentou: “O padre agiu com muita severidade. Ele foi suspenso de oficiar missas e serviços e será julgado pelo tribunal da igreja.”

Se condenado, Semiletov pode ser desligado da igreja.

Assista!

Trending