Siga-nos!

Política

[VÍDEO] Ministro do STF reclama após ser chamado de “você” por advogados

Marco Aurélio Mello criticou advogados por não seguir a “liturgia” ao se referir à Corte.

em

Marco Aurélio Mello. (Foto: Nelson Jr./SCO/STF )

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello, protagonizou nesta quarta-feira (6) uma cena bastante criticada nas redes sociais, quando reclamou de ter sido chamado de “você” por uma advogada e aproveitou para repreendê-la.

Ele já havia reclamado de outro advogado que usou o pronome pessoal de tratamento “vocês” ao se dirigir aos integrantes da Corte, durante julgamento sobre a contribuição para o INSS durante a licença-maternidade.

“Eu falo de coração aberto, ministro Barroso, eu receio que, em toda a minha vida profissional, o pedido de justiça que estou fazendo aqui para vocês, excelências, ele nunca foi tão eloquente como…”, disse o advogado Renato Guilherme Machado, dirigindo-se ao ministro Luís Roberto Barroso, relator do caso.

“Para vocês”, interrompeu Marco Aurélio, que observou que se referia “ao tratamento Vossa Excelência se dirigiu ao plenário”. Corrigindo o advogado Renato Guilherme Machado, que pediu perdão.

“Ah, me perdoe, Vossas Excelências. Me perdoe. Aliás, outro dia, fui chamado a atenção também no TRF lá de São Paulo. Me perdoe”, se desculpou Renato Machado.

Depois disso, Marco Aurélio interrompeu a advogada Daniela Lima, que se dirigiu a corte com o uso de “vocês”, repreendendo-a por ser “uma doutora professora”.

“Presidente, novamente, advogado se dirige aos integrantes do tribunal como vocês. Há de se observar a liturgia”, reclamou Marco Aurélio.

“Peço desculpas a vossa excelência. Talvez pelo nervosismo. O senhor, vossa excelência, tem toda a razão. Peço desculpas. É o que posso fazer no momento”, replicou a advogada.

Assista:

Publicidade