Siga-nos!

Política

Vereadores aumentam verba e criam vale-alimentação em 26 segundos

Comissões permanentes analisaram o projeto em apenas um dia.

Michael Caceres

em

Votação do PL 17870-2019. (Foto: Reprodução / NSC TV)
Publicidade

Vereadores de Florianópolis, capital do estado de Santa Catarina, decidiram em tempo recorde aumentar a verba de gabinete para um limite de até 25% do valor pago para a mesma estrutura na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) e estabeleceram um vale-alimentação no valor de R$ 1 mil.

A decisão foi tomada em pouco mais de 20 segundos, durante sessão ordinária que ocorreu na noite da última quarta-feira (10), pouco antes de iniciar o recesso parlamentar da metade do ano. O projeto de lei não estava na ordem do dia, segundo informou o NSC Total.

Leia mais...

Continua depois da Publicidade

O presidente do Legislativo, Roberto Katumi (PSD), teria introduzido o texto em meio a outras propostas, sem qualquer explicação ou questionamento, abrindo para a discussão sem nenhuma manifestação de oposição, colocando em seguida para votação sem o uso do placar.

Katumi teria apenas anunciado que os vereadores que concordavam com o projeto deveriam permanecer como se encontravam. Ele inclusive teria evitado usar o termo “aprovado”, trocando de assunto imediatamente após a acolhida do texto.

No segundo turno, a votação aconteceu de forma ainda mais rápida. A soma das duas votações totalizam 26 segundos, sendo 18 na primeira votação e 8 segundos na segunda, somado o tempo de inclusão da proposta e a apreciação do aumento de custos.

Continua depois da Publicidade

Com base na íntegra da proposta disponibilizada no site oficial da Câmara, é possível ver que as comissões permanentes analisaram o projeto no mesmo dia que receberam o texto. Ou seja, em apenas um dia o projeto foi protocolado e teve parecer favorável em poucas horas.

Publicidade