Siga-nos!

Política

Vaticano desmente “bênção dos inocentes” do papa a Lula

Ex-presidente foi recebido no Vaticano pelo líder católico.

Michael Caceres

em

Papa Francisco reza por Lula. (Foto: Reprodução / Twitter / Ricardo Stuckert)

O Vaticano negou por meio de seu portal de notícias que o papa Francisco tenha concedido uma bênção chamada “benedictionem et innocentum” (a bênção dos inocentes) ao ex-presidiário Luiz Inácio Lula da Silva.

A fake news foi levantada por sites petistas, que usaram uma foto do pontífice católico recebendo Lula no Vaticano, supostamente recebendo a bênção concedida apenas a alguém condenado por um crime que não cometeu.

O ex-presidente petista foi condenado por corrupção e lavagem de dinheiro, mas acabou sendo liberado da cadeia depois de uma manobra de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e aguarda em liberdade.

De acordo com o Vaticano, não há qualquer bênção neste sentido, apesar de o encontro ter ocorrido de forma cordial no dia 13 de fevereiro, na residência Santa Marta, dentro do Vaticano, por uma hora.

Em um vídeo compartilhado por Lula no Twitter, do momento em que ele é recebido pelo líder católico, é possível ver o papa dizendo que está feliz por vê-lo caminhando na rua, fazendo referência a sua liberdade.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE