Siga-nos!

sociedade

United Airlines deve demitir 600 funcionários que recusaram vacinas

O presidente Joe Biden pediu para que empresas obrigassem seus funcionários a receber o imunizante.

em

United Airlines
United Airlines (Foto: Divulgação/United Airlines)

Nesta quinta-feira (30), a United Airlines, uma das maiores companhias aéreas dos EUA, anunciou que irá demitir cerca de 600 funcionários que se recusaram a tomar a vacina contra a Covid-19.

Em agosto, a empresa se tornou a primeira do ramo a exigir vacinação de todos os seus colaboradores.

Segundo os dados da empresa, 99% dos seus 67 mil profissionais estão imunizados contra o coronavírus.

Na terça-feira (28), os funcionários da United receberam um comunicado do executivo-chefe Scott Kirby e do presidente Brett Hart, dizendo que a decisão foi difícil, mas manter a equipe segura é a maior prioridade da companhia.

Recentemente, o presidente Joe Biden pediu para que as empresas com mais de 100 funcionários exigissem a vacina de seus funcionários, na tentativa de diminuir a resistência da população norte-americana ao imunizante.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending