Siga-nos!

mundo

Unicef remove artigo ambíguo sugerindo pornografia para crianças

Relatório foi criticado por especialistas por apontar suposto benefício da pornografia.

em

Crianças estudando
Crianças estudando (Foto: Reprodução/Unsplash)

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) removeu do ar o artigo ambíguo onde sugeria que pornografia pode ser positiva para crianças.

Depois da repercussão negativa do artigo, o órgão afirmou que estava sendo mal interpretado e que deveria remover o artigo para adaptações.

No texto, o documento afirmava haver evidências “inconclusivas” sobre os malefícios causados pela pornografia a crianças, gerando críticas de especialistas.

O documento foi escrito por Emma Day, que é uma consultora sênior de Proteção à Criança e que afirma não ter coletado os dados diretamente, mas compilado estudos que abordaram o tema.

No documento, onde apresenta estudo feito em 19 países da União Europeia, a instituição sugere que qualquer esforço para impedir as crianças de acessarem pornografia online pode violar seus direitos humanos.

O estudo alega que 39% das crianças expostas à pornografia ficam “felizes”, enquanto muitas outras ficam indiferentes com a exposição.

De acordo com o relatório, o objetivo da pesquisa seria compreender a aplicação de políticas públicas na proteção de crianças a conteúdos nocivos.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending