Siga-nos!

mundo

Trump obtém a primeira vitória na Justiça da Pensilvânia sobre prazo de votação

Presidente dos EUA move ações judiciais em diversos estados.

Michael Caceres

em

Donald Trump
Donald Trump (Foto: Reprodução/YouTube)

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, conseguiu uma pequena vitória no tribunal de apelação da Pensilvânia, que decidiu que uma grande quantidade de cédulas que vieram pelos correios sem a identidade apresentada dentro do prazo fossem retiradas da contagem.

A presidente do Tribunal anulou decisão anterior do governador democrata, Tom Wolf, que dava mais tempo para os eleitores enviarem suas identidades para cumprir o requisito mesmo após as eleições.

A lei do estado exigiu que os eleitores que se inscreveram para votar pelo correio, validassem as suas identificações nos registros até 9 de novembro. Pouco antes da eleição, a secretária de estado, Kathy Boockvar adiou essa data em três dias.

Para a juíza Mary Hannah Leavitt, o estado da Pensilvânia não tinha autoridade para fazer isso. A secretária chegou a citar que houve permissão pelo tribunal para a contagem dos votos atrasados, desde que tivessem sido postados até 3 de novembro e sidos recebidos três dias depois.  

Apesar de ser uma grande vitória para Trump, isso não é nada perto da guerra que ele pretende armar junto com sua campanha em vários tribunais estaduais e federais em toda a Pensilvânia com o objetivo de mostrar a falta de autenticidade nos resultados eleitorais do estado, por fraude.

“Nós acreditamos que essas pessoas são ladrões. As máquinas da grande cidade estão corrompidas. O melhor pesquisador britânico escreveu nesta manhã que está claro que foi uma eleição roubada, e que é impossível imaginar que em vários estados o Biden ultrapassou os votos que Obama teve”, escreveu Donald Trump no Twitter.

O maior condado do estado, a Filadélfia, indicou apenas cerca de 2.100 cédulas de votos enviadas pelo correio que ainda não tinham fornecido identidade no requerimento, que geralmente é necessário fornecer o número da carteira de motorista.

As autoridades municipais divulgaram a lista completa de eleitores que seriam afetados por essa decisão, para que pudessem fornecer as informações necessárias dentro do prazo, caso contrário todos os eleitores que não cumprirem com o prazo serão desclassificados.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending