Siga-nos!

mundo

Trump é censurado no Twitter e jornalista da Globo comemora: “De castigo”

Miriam Leitão disse que presidente americano pode ser banido.

Michael Caceres

em

Donald Trump e Miriam Leitão
Donald Trump e Miriam Leitão (Foto: Reprodução/YouTube)

A jornalista Miriam Leitão, ligada a Rede Globo, usou o Twitter para comemorar a censura imposta pelo microblog contra o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Leitão disse que Trump foi colocado “de castigo” e que deveria voltar “pianinho” para não ser banido.

 

Miriam Leitão

O presidente dos Estados Unidos foi censurado depois de criticar o reconhecimento da vitória de Joe Biden nas eleições apontadas como fraudulentas. Trump queria que o vice-presidente, Mike Pence, negasse a certificação, possibilitando uma virada em favor do republicano.

Miriam Leitão foi criticada pela postagem, já que se fosse ao contrário, se a suspensão fosse imposta contra Joe Biden, ela certamente classificaria como censura. A jornalista de esquerda frequentemente critica os conservadores por manifestar suas opiniões.

Essa não é a primeira vez que Trump é censurado no Twitter, desde que assumiu o cargo a rede social vem tentando impor restrições a opinião do presidente americano, que também foi massacrado pela mídia de esquerda.

Frequentemente, a jornalista da Globo ataca o governo Bolsonaro e faz comentários considerados polêmicos, como na posse do presidente brasileiro, em que disse que a oração feita em favor do governo “causou preocupação”.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending