Siga-nos!

sociedade

Tribunal vai analisar recurso sobre vigília de oração perto de clínica de aborto

Após proibição, grupo cristão na Alemanha terá seu direito de expressão de fé através de orações públicas reconsiderado.

em

Manifestações contra o aborto. (Foto: Reprodução / Facebook - 40 Days for Life)

Um tribunal de apelações na Alemanha anunciou que ouvirá um desafio trazido pelo líder de uma iniciativa de oração contra uma proibição de reuniões de oração silenciosas perto de organizações que promovem o aborto, mantida por um tribunal inferior há cerca de seis meses.

Na quarta-feira, o Tribunal Administrativo de Apelações em Mannheim, Alemanha, pediu que os fatos do caso apresentados por Pavica Vojnović, líder do grupo chamado ‘40 Dias pela Vida’, sejam estabelecidos conforme exigido pelo Estado de Direito.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O escritório local da organização global pró-vida foi proibida, em 2019, de realizar vigílias de oração perto do Pro Familia, a filial alemã da Federação Internacional de Paternidade Planejada, uma organização multibilionária de aborto.

“Quando monitorado pela polícia a pedido do Pro Familia, não foram encontradas violações de nenhuma lei; e, ainda assim, a gestão do centro solicitou que a vigília fosse movida a alguma distância ou interditada completamente”, diz o grupo segundo The Christian Post.

O grupo ‘40 Dias pela Vida’ contestou a proibição do tribunal, uma vez que restringe seu direito à liberdade de religião, reunião e discurso, no entanto, o tribunal alemão rejeitou em 12 de maio, fazendo com que as vigílias de oração permanecessem proibidas.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Após o anúncio do tribunal de apelações, Felix Böllmann, um advogado sênior da ADF International, afirmou que era encorajador que o tribunal veja mérito no caso e disse que espero essa oportunidade seja usada para defender a liberdade de expressão, reunião e religião.

“Ao rejeitar o caso, a corte inferior não conseguiu afirmar essas liberdades que são a base de toda democracia livre e justa. Ao proibir até mesmo a oração silenciosa perto de uma organização de aborto, as autoridades de Pforzheim foram além do que poderia ser considerado razoável ou proporcional”, disse Böllmann.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

A questão das “buffer zones” perto de organizações de aborto também é uma preocupação nos Estados Unidos. Em janeiro, a Suprema Corte dos EUA rejeitou o desafio de um grupo pró-vida a uma zona de cerca de 5 metros das entradas de clínicas de aborto em Pittsburgh, Pensilvânia.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending