Siga-nos!

Política

STF suspende investigação sobre Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro

Pedido partiu do próprio senador.

Publicado

em

Flávio Bolsonaro e Queiroz
Flávio Bolsonaro e Queiroz. (Foto: Reprodução / Redes Sociais)
Publicidade

Nesta quinta-feira (17), o ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu uma liminar que suspende as investigações sobre as movimentações atípicas envolvendo Fabrício Queiroz, ex-assessor do gabinete do deputado estadual e senador eleito Flávio Bolsonaro.

Na ação apresentada ao STF, o filho mais velho do presidente Jair Bolsonaro argumentou que deveria ser processado no STF porque assumirá o mandato no Senado em poucos dias.

Fux aceitou a justificativa, dizendo que cabe ao relator sorteado no STF, ministro Marco Aurélio Mello, decidir em que foro o caso deve prosseguir.

Flávio Bolsonaro já foi convocado a prestar esclarecimentos pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), mas não compareceu, pedindo uma nova data após ter acesso ao processo. Queiroz também não compareceu a nenhuma das quatro convocações feitas pelo MPRJ, ele está se tratando de uma cirurgia de câncer.

Publicidade