Siga-nos!

justiça

STF liberta traficante por não ter sido advertida do “direito ao silêncio”

Segunda Turma decidiu conceder habeas corpus para a mulher condenada.

Michael Caceres

em

Fachada do STF
Fachada do STF (Foto: Reprodução/EBC)

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu conceder habbeas corpus para uma mulher condenada por tráfico que não foi advertida do “direito ao silêncio” no momento em que foi presa pela polícia.

De acordo com o site oficial do Supremo, o colegiado declarou nula suposta confissão firmada pela mulher perante policiais militares no momento da prisão em flagrante, já que os agentes não avisaram a mulher que ela poderia ficar em silêncio.

A informação foi compartilhada no Twitter oficial do STF e gerou muitas críticas contra os integrantes da Corte, já que frequentemente eles atuam para livrar bandidos de suas condenações, como no caso envolvendo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Alguns usuários não esconderam o espanto com a notícia, já que a decisão é tão bizarra que parece tratar-se de uma fake news, mas foi compartilhada pela própria assessoria do Supremo Tribunal Federal.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending