Siga-nos!

Sociedade

Sobreviventes da tragédia em Brumadinho contam suas histórias: “verdadeiro milagre”

Veja relatos de quem conseguiu se salvar diante do tsunami de lama que invadiu a cidade mineira

Publicado

em

Paloma Prates da Cunha
Paloma Prates da Cunha. (Foto: Carlos Amaral/G1)


O dia 25 de janeiro será inesquecível para os moradores de Brumadinho (MG) e região, o dia do rompimento da barragem da mineradora Vale. Muitos se lembrarão das pessoas e bens que perderam, outros podem contar como sobreviveram.

Em depoimento ao G1, 12 sobreviventes relataram onde estavam no momento do rompimento e como conseguiram sair com vida de um mar de lama que inundou a cidade mineira.

Luiz Sávio Lopes de Castro, trabalhador de uma empresa terceirizada da Vale, estava no prédio ao lado da barragem e viu quando tudo cedeu. “Eu sai correndo, via aquele monte de dejetos engolindo os companheiros da gente”, relatou.

Os trabalhadores Elias Nunes e Sebastião Gomes, estavam dentro de uma caminhonete quando a lama tomou conta de todo o espaço que eles estavam. “Começamos a rezar o pai nosso”, disse Gomes. “De repente, quando eu pensei que não, a caminhonete já estava tombada, parada de lado”, completou.

Muitos relataram o desespero de ver a lama se aproximando, buscando formas de correr para não serem pegos, ou realmente foram levados pela lama escura.

“Eu fui nadando lama até chegar na terra seca”, relatou Ronan Otávio Gomes Santos, 14 anos. “Fiquei lá até meu irmão me achar”, completou ele.

Para muitos, estar vivo depois de tudo que passaram é “um verdadeiro milagre”, como declarou Cláudio Pereira dos Santos.



Publicidade
Publicidade