Siga-nos!

Sociedade

Sobrevivente de massacre diz que viveu promessa de Salmos

Adolescente atingida na região lombar já teve alta médica

Publicado

em

Letícia de Mello Nunes
Letícia de Mello Nunes. (Foto: Reprodução / Rede Globo)


Para a adolescente Letícia de Mello Nunes, de 15 anos, sobreviver ao massacre na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano (SP), foi um livramento fruto de uma promessa de Deus.

Letícia levou um tiro na região lombar e foi internada em um hospital em Itaquaquecetuba, onde pode se recuperar do ferimento. Após ter alta, a jovem testemunhou o milagre que viveu.

“Eu vi um versículo na Bíblia, Samos 91:7, que diz: ‘mil cairão ao teu lado, e dez mil à tua direita; porém tu não serás atingido’. E eu vivi isso. Foi o que aconteceu comigo, me inspiro muito nisso”, declarou ela em entrevista ao SPTV, da Rede Globo.

Além dela, outro dois adolescentes tiveram alta: Leonardo Vinícius Santana, de 16 anos, que estava no Hospital das Clínicas em São Paulo e Beatriz Gonçalves Fernandes, de 15 anos, que estava na Santa Casa de Suzano.



Publicidade
Publicidade