Siga-nos!

Sociedade

“Só Deus pode me julgar”, diz jurado do MasterChefe após foto ofensiva com freiras

Cozinheiro tirou fotografia com freiras no Vaticano usando camiseta com beijo lésbico.

em

Henrique Fogaça. (Foto: Reprodução / Instagram)

O jurado do MasterChefe Brasil, Henrique Fogaça, pediu desculpas nesta segunda-feira (1º), por foto ofensiva postada no Instagram, onde aparece ao lado de freiras vestindo uma camiseta estampada com duas mulheres vestidas como freiras se beijando.

A fotografia teria sido tirada no Vaticano, em uma viagem que fez, mas a publicação não caiu bem na rede social, gerando críticas pelo conteúdo ofensivo. Apesar de ter sido deletada, cristãos católicos não gostaram do seu comportamento.

“Gostaria de me retratar a vocês sobre a foto que pus no Instagram e pedir desculpa a toda a igreja católica, aos cristãos. Para quem não sabe, eu fui batizado na igreja católica, [assim como] toda a minha família”, afirmou Fogaça em vídeo.

Ele também procurou explicar o contexto, afirmando que teria partido das freiras o pedido de tirar a voto, pois eram brasileiras e teriam reconhecido ele no Vaticano. Fogaça diz que foi uma infelicidade ele ter postado a foto no Instagram.

“Essa foto gerou uma polêmica muito forte. Quando saí do Vaticano e tava na rua, as duas freiras, que eram brasileiras, me reconheceram e vieram, muito simpáticas. Nós tiramos as fotos e acabei postando. Foi uma infelicidade minha”, disse.

Segundo o cozinheiro, sua intenção não era de ofender e “somente Deus pode julgar” suas atitudes: “Sou uma pessoa honesta, tenho família, tenho restaurantes, faço programa, tenho uma filha especial que me ensina muito, participo de muitos projetos sociais.”

Publicidade