Siga-nos!

Política

Malafaia comenta presença de Lindberg em culto e critica Anthony Garotinho

O ex-governador se manifestou dizendo que o senador petista quer enganar os evangélicos participando de cultos para ganhar votos

em

Através de seu site, o Verdade Gospel, o pastor Silas Malafaia comentou sobre a participação do senador Lindberg Farias (PT-RJ) nos cultos da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC) no último domingo (13).

O pastor confirmou que o senador petista, possível candidato ao governo do Rio, esteve nos dois cultos. Malafaia também afirmou que foi ele quem pediu para que o senador subisse ao púlpito para receber oração.

“Qualquer autoridade que chegar na minha igreja, eu gostando ou não, faço uma oração por ela. Aprendi a honrar e obedecer protocolos”, disse.

O presidente da ADVEC escreveu que a oração não significa que ele estará apoiando o senador nas eleições de 2014. “Nós, evangélicos, temos que entender que na época das eleições cada um vota em quem quiser. Depois que se ganha, mesmo que não seja o meu candidato, pela Bíblia, como cristão, tenho que interceder por ele.”

Afirmando que não quer ter nenhum contato com o atual governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), Silas Malafaia afirma que também receberia o governador e que faria uma oração por ele. Nos cultos Lindberg não teve a oportunidade de falar e tão pouco ficou sentado junto aos pastores ou pediu votos aos fiéis.

“Simplesmente orei e intercedi por ele e pela sua família”, esclarece Malafaia.

Fala de Malafaia é reposta à Anthony Garotinho

O deputado federal Anthony Garotinho (PR-RJ) escreveu em seu blog uma crítica sobre essa aproximação entre o senador petista com os evangélicos. “Todo mundo no meio político do Rio sabe perfeitamente que Lindbergh não é evangélico e sempre defendeu posições que não têm nada a ver com os princípios cristãos”, disse.

Garotinho, que já foi governador do Rio, acredita que essa aproximação tem apenas um objetivo: “Lindbergh agora finge-se de evangélico para enganar o povo.”

Mas o pastor Silas Malafaia não gostou da opinião e rebateu dizendo que o senador não é evangélico e que em nenhum momento isso foi divulgado aos fiéis da igreja.

“Lindbergh não esteve na minha igreja como evangélico, e na verdade nunca ouvi ele dizer que era. Mas alguns que se dizem cristãos e estão na política, põem em seus blogs e sites inverdades. Deviam aprender com Jesus que diz que a mentira é do diabo (João 8.44)”, escreveu o pastor que por fim ainda mandou uma indireta em caixa alta: “TEM POLÍTICO DITO EVANGÉLICO POR AÍ QUE PERDEU UMA GRANDE OPORTUNIDADE DE FICAR QUIETO E PARAR DE ESCREVER ASNEIRA!”