Siga-nos!

Política

Serra será multado por propaganda em igreja

Essa é a segunda vez que o candidato tucano recebeu multa por usar templos religiosos para pedir votos

em

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) condenou em segunda instância o candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo, José Serra, por usar uma igreja evangélica para pedir votos. A multa aplicada é de R$2.000.

A ação movida pelo Ministério Público Eleitoral se refere a uma participação do candidato tucano em um culto da Igreja Bola de Neve que tinha uma bandeira que apresentava o nome e o número de Serra.

Julgado na primeira instância o juiz tinha condenado o candidato a pagar R$3.000, mas ao manter a condenação, o Procurador Regional Eleitoral Substituto Paulo Thadeu Gomes da Silva diminuiu o valor da multa.

Vale lembrar que para a Justiça é ilegal usar templos religiosos para fazer campanha política. Pela lei eleitoral não só o púlpito da igreja, como seus arredores não podem ser usados para promover candidatos políticos.

Esta é a segunda vez que o Serra é multado por fazer campanha em igrejas. No dia 23 de outubro ele foi condenado a pagar R$5.000 por fazer propaganda no culto da Igreja Apostólica Maravilha de Cristo.

Publicidade