Siga-nos!

Política

Rodrigo Maia trava fim do foro privilegiado na Câmara

PEC está na Casa há mais de 350 dias e deve virar ano sem votação.

em

Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados. (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Uma das pautas mais importantes desde o início das manifestações populares que cobram mudanças no tratamento de políticos e autoridades públicas, a proposta de emenda à Constituição que extingue o foro privilegiado está há 350 dias na Câmara.

O líder do Podemos, deputado José Nelto (GO) chegou a prometer que o tema seria analisado até o fim de novembro, mas o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) ainda não colocou o tema em pauta na Casa, gerando críticas.

Nelto já ameaçou dificultar a tramitação de outros projetos, juntamente com aliados, caso o presidente da Câmara insista em travar o andamento da PEC.

“Fizemos uma reunião na presidência da Câmara com Rodrigo Maia. Ele se comprometeu a colocar em votação o fim do foro privilegiado”, disse recentemente.

A PEC foi aprovada por unanimidade no Senado em maio de 2017, sendo encaminhada para a Câmara, onde permanece parada desde dezembro de 2018, quando recebeu aval de uma comissão especial

Ou ele coloca, ou haverá obstrução. Nós não aceitamos encerrar o ano sem votar o fim do foro. É uma vergonha para o Congresso Nacional”, disse Nelto.