Siga-nos!

Política

Rodrigo Maia tenta manter auxílio-mudança para reeleitos

Os gastos com esta “ajuda de custo” custam R$ 20 milhões

Publicado

em

Rodrigo Maia
Rodrigo Maia. (Foto: Wilson Dias/Agência Brasil)


Uma decisão judicial proibiu a Câmara dos Deputados de pagar o auxílio-mudança para deputados reeleitos, mas o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ) busca reverter essa decisão para pagar o benefício a parlamentares que, assim como ele, conquistaram mais um mandato.

Na semana passada mais uma decisão impedindo o pagamento foi feita, desta vez pelo  juiz federal Pedro Esperanza Sudário, da Justiça Federal de Sergipe, e Maia prometeu recorrer. Senadores também foram impedidos de receber o auxílio.

Os gastos com a “ajuda de custo” de mudanças custam R$ 20 milhões (298 parlamentares reeleitos), cada um deles receberiam cerca de R$ 70 mil cada, pois receberiam o auxílio pago no fim do mandato anterior e outro pelo novo mandato.

Apenas 24 parlamentares abriram mão do benefício, segundo o Estadão.



Publicidade
Publicidade