Siga-nos!

mundo

Reitor de universidade no Afeganistão proíbe presença de mulheres

Mohammad Ashraf Ghaira é um islamista fervoroso e faz parte do Talibã.

em

Mulheres protestam no Afeganistão
Mulheres protestam no Afeganistão (Foto: Reprodução/AP)

Nesta segunda-feira (27), o reitor nomeado da Universidade de Cabul, Afeganistão, Mohammad Ashraf Ghaira, anunciou que as mulheres e professoras serão proibidas nos cursos da instituição.

“Eu dou a vocês minha palavra como reitor da Universidade de Cabul, enquanto não houver um ambiente realmente islâmico para todos, não será permitido às mulheres vir à universidade ou trabalhar. Islã primeiro”, escreveu Ghairat em uma rede social.

O novo reitor tem 34 anos e faz parte do grupo terrorista Talibã. O grupo que voltou ao poder depois de derrubar o governo afegão em agosto, tem nomeado religiosos fervorosos para instituições de ensino.

Crise na educação afegã

Funcionárias da Universidade de Cabul reclamaram da nova regra e afirmaram que o Talibã não tem o monopólio da interpretação da islâmica, de acordo com o jornal The New York Times.

Milhares de alunos pararam de frequentar as aulas porque as escolas fecharam, o principal motivo foi que professores deixaram o país depois que o Talibã voltou ao poder.

O novo governo do Afeganistão é composto inteiramente por homens, as mulheres foram proibidas de voltarem ao trabalho. O grupo, no entanto, afirmou que tal proibição é por segurança e que ela é temporária, de acordo com as informações do G1.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending