Siga-nos!

igreja perseguida

Recordista olímpica é criticada por falar sobre Jesus Cristo

Sydney McLaughlin faz desabafo em vídeo sobre rejeição que sofreu por sua fé cristã.

em

Sydney McLaughlin
Sydney McLaughlin (Foto: Reprodução/AP)

A medalhista de ouro olímpica dos EUA Sydney McLaughlin, de 22 anos, se abriu em um vídeo sobre a natureza “tóxica” da fama e a dor que ela sentiu quando as pessoas ao seu redor a rejeitaram por causa de sua em Jesus, em um vídeo recentemente postado.

McLaughlin compartilhou no vídeo detalhes de suas próprias lutas poucos dias depois de estabelecer o recorde mundial na Pista Olímpica dos EUA e 400 metros com barreiras. Apesar de realizar o sonho, ela disse que ficou magoada com o feedback negativo e a falta de apoio que recebeu.

“Nem mesmo três dias atrás, eu literalmente alcancei um dos sonhos da minha vida de quebrar o recorde mundial, e vou ser honesta, muitas das pessoas ao meu redor não responderam como eu pensei que iriam. Em um momento como esse, que você se lembra para a vida toda, de oportunidades que não se têm todo dia, eu senti que as pessoas que eu achava que ficariam animadas por mim literalmente quase nem se importavam”, disse Sydney no vídeo gravado após os  Jogos Olímpicos, no final de junho, mas compartilhado esta semana.

McLaughlin, que tem sido muito aberta sobre sua fé em Cristo, disse que sente que está sendo rejeitada porque dá a Deus a glória pelo seu sucesso.

“As pessoas rejeitam a verdade. Eu sei que eles não estão me rejeitando. Estão rejeitando Jesus vivendo em mim. Tudo bem, mas estou sendo honesto, às vezes minha carne tem um problema com isso”, disse a atleta segundo Faith Wire.

A corredora completou dizendo que gostaria de um pouco de respeito por todo seu trabalho duro e comprometimento, uma cortesia que ela diz não receber de todos os seus companheiros de equipe.

“Sou muito grata por ter um relacionamento com Deus do jeito que tenho, porque, sem ele, acho que estaria enlouquecendo agora. Há tantas coisas que não entendo sobre o mundo, sobre nosso esporte, sobre nossa cultura. Não faz sentido a maior parte do tempo. Estou orando pela cura. Eu realmente espero que as pessoas possam ver que elas não têm que viver neste mundo de ódio apenas. Há uma maneira melhor”, continuou a medalhista.

Na legenda do vídeo, McLaughlin disse que sente que o vídeo de 10 minutos carrega uma mensagem mais profunda do que apenas suas emoções que acha que os outros podem precisar ouvir. Ela completa contando que uma mente renovada que a permitiu ver as mudanças que Cristo está fazendo em sua vida é oque a faz mais grata.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending